Ler contos eroticos

Compartilhe
Favoritos | Feeds

Fui estuprada pelo encanador

Postado 23/08/2012 em Fetiches

Oi, pode me chamar de lua. esse é o primeiro conto que escrevo e prometo só escrever histórias verídicas ou que fazem parte do meu universo de fantasias! não irei poupar detalhes, espero que gostem. essa história se passou hoje pela manhã em minha casa(já é noite). acordei com a campainha tocando, era o encanador que eu havia chamado para consertar a pia da cozinha que tinha um vazamento, ele era negro, alto e bem musculoso, além disso tinha uma cara de bravo que começei a me excitar(adoro quem me pega de um jeito mais selvagem!). levei-o a té a cozinha, mostrando onde ele deveria fazer o serviço, enquanto me sentava para observa-lo...seu nome era erivan. depois de alguns minutos, meu negão percebeu que eu estava olhando-o, e notei seu cacete endurecendo dentro da calça apertada. aquilo me deixou molhadinha, fechei os olhos pra fantasiar transando com ele,e quando abri, ele estava na minha frente, com a calça abaixada e o cacete apontado bem pra minha cara e falou: -chupa! me recusei, apesar de estar com tesão, não queria dar pro encanador, além disso tenho namorado. só que ele pegou minha cabeça com força e puxou pra perto dele, fazendo eu engolir todo o cacete duro dele. começei a ter medo, pedindo para ele parar, mas erivam ria e dizia que ia me deixar toda arrombada, que eu era uma cadela vadia! logo em seguida ele rasgou minha blusa, mordendo meus seios com desejo, já metendo a mão por baixo da minha saia. meteu um dedo na minha buceta, depois dois e quando eu menos esperei ele me apoiou na mesa e começou a me comer por trás. o pau dele entrou gostoso, mas doeu, pois estava muito tensa. e no momento que quis gritar, ele bateu na minha bunda com força e falou que ia arrombar meu cu se eu não calasse a boa! ele me fodia feito louco, com força, metendo tudo, deixando minha buceta ardida. se eu diza que estava doendo, ele metia com mais força ainda, então tive de ficar calada... finalmente ele prou de meter e senti que ele saiu de cima de mim, mas quando me recompus, lá vinha ele com um pote de manteiga, tirou um pouco e passou no meu cuzinho virgem. senti uma pontada forte que me fez chorar, e sem pena, o negão meteu tudo de uma vez só, mes rasgando completamente! entre gritos e socadas fortes, ele gozou em cima de mim. eu estava toda arregaçada...meu cu e minha buceta ardiam em dor. o negão simplesmente se vestiu e falou que o serviço saía de graça pra mim. foi até onde eu estava, quase desmaiada, falou que eu era a putinha mais gostosa e apertada que ele já tinha fodido, deu um tapa na minha bunda e se foi... foi uma experiência meio traumática, mas ainda com o cu e a boceta doídas, penso em qualquer dia chamá-lo novamente, pois não vou mentir: adorei ser estuprada pelo encanador!!!!


Tags: fetiches sexo contos de fetiches ler contos eróticos ler contos eróticos de fetiches contos eróticos de fetiches

categorias