Ler contos eroticos

Compartilhe
Favoritos | Feeds

Comi a irmã dela e ela deu pro meu amigo

Postado 21/10/2011 em Traição

u estava chegando do trabalho quando já no portão ouvi uns gritos uns gemidos, idênticos aos da minha esposa quando estou metendo com ela, entrei em casa lentamente e fui até o quarto para conferir o que estava acontecendo, e me deparei com as costas de um homem negro alto que estava metendo muito forte na minha mulher parecia que estava estuprando a mesma de tão forte que a comia, Claudete gritava como se fosse de dor e ao mesmo tempos falava vai gostoso arromba minha xaninha seu filho da puta viado, haaarrr, haaarrr, vaaai, vaaaiii. 
Fiquei ali alguns instantes observando e tenho que confessar que me deu muito tesão vê-la sendo comida por aquele negro com o cacete enorme, meu cacete ficou extremamente duro ao assistir a cena, Paulo era seu nome a segurava pela cintura e metia tão forte que chegava a emitir um som como de tapas, Claudete parecia estar no auge do prazer, seus seios pareciam dois sinos que balançavam para frente e para trás e pelo reflexo do espelho da penteadeira dava para ver que o cacete do negrão era muito grande tirava quase meio palmo do cacete para fora da sua boceta, e mesmo assim ainda não saia tudo, Paulo socava sem pena nenhuma, até que Claudete começou a gritar sem parar devido esta começando a gozar foi ai que percebi que Paulo também começou anunciar que iria gozar também, dava para ver que era tanta porra que chegava a transbordar um montão de semem da bucetinha da minha mulher. 
Percebendo que ao acabar eles iriam para o banheiro tomar banho então sai da porta do quarto e fui me esconder para que os dois não me vissem, e lá no banheiro Paulo voltou a comer Claudete de novo pois dava para perceber pelos gemidos seus, depois de muito come-la Paulo foi embora e Claudete foi descansar um pouco no quarto a minha espera peladinha do jeito que meus vizinho gosta de vê-la, Claudete adora se exibir não só pelada no quarto com as janelas abertas, como com roupas bem justas na rua, deixando os homens loucos pelo seu corpo, outra coisa que Claudete sempre gostou é tirar fotos pelada ou transando, Claudete passou a me trair assim de maneira tão descarada depois que vasculhou o meu computador e viu as fotos que tirei de minha transa com sua irmã e com a Luciana uma de suas melhores amigas, além de come-las as duas juntas varias vezes ainda tirei varias fotos do meu pau entalado na boca, na boceta e no cuzinho delas, sempre programava a máquina para bater a foto em alguns segundo e quando tirava a foto saia os nosso rosto, e minha mulher viu tudo um dia quando cheguei em casa estava com o computador ligado e as imagens estavam na tela só para mim perceber que tinha visto, depois desse dia tive que prometer que deixaria sair com quem quisesse que não iria reclamar, além do Paulo, Claudete deu para vários homens, se antes Claudete já saia com a metade da bunda aparecendo e os seios quase todo para fora imagina agora que esta se sentido a vontade para dar para quem quiser. Olha que Claudete e uma coroa mais com tudo no lugar e para me deixar mais maluco me falou que vai dar para um garoto que e nosso vizinho e tem apenas 16 anos e que já o viu de shorts e pela janela da sala viu fazendo xixi e seu cacete e maior que o meu e que vai adorar rebolar na pica dele.


Tags: traição ler contos eróticos contos de traição contos eróticos de traição

categorias