Ler contos eroticos

Compartilhe
Favoritos | Feeds

Segunda vez com uma travesti

Postado 27/10/2011 em Travestis

Olá pessoal, aqui estou novamente com um relato real: minha segunda experiência como passivo. Desta feita, a trepada não foi com um travesti, foi com um macho, mas eu fui travesti de novo. Estava de férias no interior, minha esposa não me acompanhou por motivo de trabalho. Certa noite, eu estava num bar tomando umas e me aparece um amiguinho de infância, aquele dos famosos troca-troca. Conversa vai cerveja vem, resolvi lhe oferecer uma carona pra ir embora. No caminho começamos a lembrar nossa infância e então foi inevitável, começamos a lembrar das façanhas sexuais, que na verdade eram apenas esfrega-esfrega. Tomado pela bebida e pelo tesão, minha pica começou a ficar dura e eu não pensei duas vezes. Comecei a alisar o seu pau por cima da calça, ele mais do depressa arrancou a vara pra fora, então eu comecei a punhetá-lo. A essa altura meu cuzinho já tava ardendo, então realizei um grande desejo, comecei a chupar seu pau bem gostoso. Que delícia! Chupei como uma putinha no cio e rapidamente ele gozou na minha boca. Que maravilha! Encheu minha boca de porra e disse: Engole tudo viadinho! Em seguida o levei pra casa e lhe disse: amanhã, oito horas na minha casa, tenho uma surpresa pra você. Fui embora, toquei uma punheta e dormi. No dia seguinte liguei para meu amigo e confirmei sua visita. Lá pelas seis e meia comecei meu ritual. Primeiro, depilei meu corpo todinho, principalmente meu cuzinho, deixei tudo bem lisinho. Em seguida, me maquiei como uma boneca, muito pó, blush, sombra, batom e tudo que tinha direito. Depois vesti minha lingerie de guerra, meia-calça preta, espartilho preto, calcinha apertadinha preta. E por fim, um toque especial com uma peruca morena. Pronto, eu estava uma verdadeira boneca. Uma linda travesti. Quando meu amigo chegou, abri a porta e ele tomou um susto, mas de imediato percebi sua pica ficar dura. Que loucura! Ele entrou e já foi logo tirando sua roupa. Eu não perdi tempo e fui de cara mamando gostoso seu pau. Chupei suas bolas bem devagar, depois fui subindo e lambendo todo seu mastro. Ele gemia feito louco. Então coloquei sua vara inteirinha dentro da minha boca, senti a cabeça tocando minha garganta. Ele quase gozou. Então parei de chupar e fiquei de quatro. Ele entendeu o recado, rasgou minha calcinha, lambeu meu cuzinho, posicionou-se atrás de mim e empurrou sua pica sem dó, nem lubrificante, nem camisinha. Soltei um grito de dor misturado com tesão. Ele então começou a estocar com força. Comecei a gemer, quase chorando e ele disse: Você num quer ser uma putinha, então agüenta cachorra! Eu continuava sentindo dor, mas ao mesmo tempo muito tesão, meu pau latejava, eu estava quase gozando. De repente ele parou e me colocou de frango assado, me penetrou e me disse: Você ficou linda de travesti, uma linda boneca. E voltou com um vai e vem frenético. Meu pau estava vermelho e inchado, então meu amigo começou a me punhetar. Que loucura! Que tesão! Antes que nós gozássemos virei o jogo e passei a cavalgar sobre sua vara. Senti seu pênis me preenchendo e empurrando tudo dentro de mim. Cavalguei feito uma égua no cio. Subindo e descendo sobre seu pau que escorregava gostoso. Ele não agüentou mais e gritou que iria gozar. Aumentei o ritmo da cavalgada e ele explodiu num gozo impressionante. Senti sua porra quente preencher meu interior e escorrer pelo meu cuzinho. Ele voltou a me masturbar. Eu sentia sua pica acariciando minha próstata e sua mão me punhetando. Também explodi num orgasmo fantástico, jorrando porra na cara do meu amigo que lambeu tudinho. Quando acabamos ficamos estarrecidos. Foi uma puta transa. Aconselho a todo mundo experimentar. Não tem sensação mais prazerosa para um homem do que a de gozar dando o cú, esporrando com uma pica roçando sua próstata. É fantástico. Homens interessados em comer um macho transvestido me escrevam. Mulheres que também tenham esse fetiche, tai o meu e-mail. scopatore.news9@gmail.com. Um abraço.


Tags: travesti sexo com travesti ler contos eróticos travestis contos eroticos com travestis ler contos eroticos de travestis

categorias