Ler contos eroticos

Compartilhe
Favoritos | Feeds

Comida pelo cachorro.

Postado 07/10/2011 em Zoofilia

Meu nome é mariana, tenho 22 aninhos, sou morena, baixinha com 1,65m, 55kg, boa né? tenho uma barriguinha retinha, coxas não muito grossas mas gostosas, uma bunda empinada redondinha, peitos de médios pra grandes, cabelos longos e lisos e um rostinho de safada. sou quase sempre uma menina muito discreta e comportada, mas pra saber mesmo do que eu gosto, basta dizer que adoro usar calcinhas pequeninhas enfiada no meu rabinho, que eu sei que é uma delícia, se eu fosse homem adoraria comer minha bundinha, adoro olhar pra ela. adoro andar sem calcinha também, mas é pelo prazer disso, e não porque eu quero dar pra qualquer um que por acaso visse isso por baixo de minhas mini-saias.

ano passado fui morar com meu irmão e minha cunhada, pois em minha cidade não há faculdades, passei no vestibular na cidade deles. eles formam um casal lindo, têm uma filhinha linda também. além de um cão lindo, fofo, que é chamado de urso, vocês imaginam porque né? ele é muito grande.

depois de 3 meses já ia me acostumando com a cidade, os estudos, a rotina. sempre ficava sozinha em casa de tarde, o casal trabalhava e a filha estudava neste horário. eu ficava estudando geralmente para a facu onde ia de noite.

já acabara o verão, mas ainda estava muito quente todo dia. em uma dessas tardes eu não estava aguentando. estava com uma mini saia e uma blusinha, mas ainda estava muito calor. já que estava sozinha tirei a blusa e a saia, fiquei só de calcinha. deitada na cama estudando, com a bundinha pra cima, da pra imaginar isso?

qualquer homem que me visse assim iria querer me comer, e se eu não desse a bucetinha, iria me estuprar, não era possível, eu estava muito gostosa. o que eu não imaginava é que despertaria o interesse do urso também, ele deveria estar seguindo algum instinto.

eu deitada escuto ele chengando e continuo estudando, ele com a língua pra fora e a respiração ofegante como sempre. depois de algum tempo ele subiu na cama, isso era normal. o que não foi normal foi depois de um tempo ele começar a me lamber. passava a língua na minha coxa. eu fui empurrando ele e dizendo pra ele parar. ele parou. depois de um tempo começou de novo. e subiu em cima de mim, eu me assustei e tirei ele, e fiquei sentada na cama olhando pra ele.

nossa, foi nessa hora que vi o pau dele. era enorme! preto, muito grosso, muito grosso mesmo, inchado na ponta. fiquei assustada vendo aquilo, era muito interessante. ele chegou perto de mim e eu deixei pra ver o que ele iria fazer. foi lambendo minha coxa, não gostei muito, mas ai ele começou a lamber no meio das pernas por cima da calcinha. ai começou a ficar gostoso e eu a ficar molhadinha. loucura! mas não tinha como resistir.

tirei a calcinha, arregacei as pernas, esfreguei a buceta na cara dele, fiquei estirada na cama pra ele. nossa, como chupava gostoso, nenhum homem seria capaz daquilo. aquela lingua grossa, grande, molhada, um pouco áspera, era muito veloz, lambia do meu cuzinho até em cima da bucetinha, ás vezes entrava um pouco dentro.

fiquei passando a mão nos meus peitos, gemendo, imaginado muitas coisas. ele ficou me chupando, comendo minha bucetinha com a boca, por mais de 30 minutos, que delícia, então gozei muito, mas muito mesmo. foi a melhor gozada da minha vida, era uma loucura inimaginável, acontecendo, aquela lingua gostosa não parava, era incrível. gozei muito.

ele continuou lambendo e eu adorei aquilo, depois de alguns minutos fui puxando ele pra cima de mim. eu não teria coragem de tentar algo a mais, tipo dar pra ele, como uma cadela, apesar de todo o tesão, existem muitos problemas que impedem isso.

mas trouxe ele pra cima de mim e fiquei passando o pau dele na minha buceta. ele fazia movimento como se tivesse fudendo. enfiei um pouco, muito pouco mesmo, depois fiquei batendo uma punheta pra ele, durante muito tempo. era uma delícia segurar aquele caralho enorme, tocar com força, saber que ele estava gostando. depois de uns 10 minutos ele gozou, mas gozou muito mesmo, gozava uma quantidade grande, depois eu continuava tocando, o pau dele inchava mais, gozava mais um pouco, depois mais. 

até que ele cansou e saiu de cima de mim, eu estava gozada e também cheia do gozo dele em cima da minha buceta e coxas e barriga. fui pro banheiro e tomei um banho gostoso, lembrando daquilo.

eu sei que sou gostosa, bonita, tenho certeza disso e é claro que não teria dificuldades pra achar homem pra me comer, é lógico ás vezes acho. mas nunca imaginei fazer o que fiz, aconteceu por acaso, e foi uma delícia. nunca dei para o urso, mas toda vez que fico sozinha e com muito tesão, em vez de me tocar sozinha, chamo ele e deixo ele lamber minha buceta até eu gozar. é muito gostoso. mulheres, se não têm coragem de dar pra eles, ou então nunca pensaram nisso, deixem eles lamberem a bucetinha de vocês, eu juro que é uma delícia!

ps: se você, homem ou mulher, ficou com tesão lendo este conto, e ainda mais, se gozou, conte pra mim (marianaxrocha@gmail.com) e se fez algo com seu cãozinho, conte também. mulheres, deixem eles chuparem a bucetinha!


Tags: zoofilia comida pelo cachorro comida pelo cão

categorias