Ler Contos Eroticos » Fetiches » Comendo o cu da minha sogra evangélica

Comendo o cu da minha sogra evangélica

  • 7 de março de 2019
  • 83 views

Evangélica do cu quente não aguenta e pega o genro

Minha sogra evangélica se chama Rose, ela é uma coroa de 50 anos, rabuda, peituda e bem gostosa, mas sempre pagou de puritana e sempre teve a língua grande pra julgar os outros, mesmo assim sempre achei ela gostosa, mesmo debaixo daquelas roupas discretas que ela usava para ir na igreja. Namorei 3 anos com a filha dela, a Renata, uma garota linda e metida a recatada também, foi díficil namorar tanto tempo porque ela só deu pra mim quando noivei com ela, e mesmo assim fazia um cu doce da porra, eu tinha praticamente que implorar pra comer ela, até que fiquei de saco cheio, fui levanto essa relação com a barriga procurando um motivo pra terminar com ela sem parecer tão sacana, mas sempre que podia tinha uns contatinhos e comia outras.

A mãe dela sempre me tratou como um filho, ficava mais a meu favor do que da filha dela, mas ela não sabia que as brigas eram porque a gente não transava. Meu sogro sempre foi um cachaceiro hipócrita que traiu minha sogra várias vezes e depois foi para a igreja com ela e paga de santo até hoje. Eu imagino como minha sogra era e deve ser até hoje bem mal comida. Com o tempo fui só ligando o foda-se, comecei a dar indiretas nela e como ela fingia que não entendia, um dia comentei que deveria ter dado em cima da mãe porque a filha é muito complicada. Minha sogra ficou toda sorridente, achei que seria mais difícil por ela ser bem moralista, mas nem foi, foi só jogar um papinho para a coroa cair.

Depois desse dia passei a ir mais na casa dela quando minha namorada tava na faculdade e o meu sogro no trabalho, arrumava qualquer desculpa mas nem precisava, ela sabia direitinho o que eu queria. Depois de 1 mês nesse nem fode e nem sai de cima, cheguei nela e disse que tava apaixonado, que não conseguia parar de pensar nela. Eu não tava de verdade, era só tesão e acabei confundindo as coisas, mas o importante é que assim que falei isso ela disse que não era assunto pra gente conversar ali e me chamou para seu quarto. Quando cheguei lá, a safada me agarrou, senti seus seios enormes me apertando, meti logo a mão no seu rabo gostoso, apertei e ela soltou um gemidinho bem safado que me deixou louco.

O corpo da safada já tava quente, com certeza tava doida pra me dar gostoso, aproveitei pra meter a mão em tudo, toquei em sua buceta, tava super molhada e com uma leve camadinha de pelinhos, que na minha opinião, deixa a mulher bem sexy. Depois de deixar ela mais molhadinha, comecei a masturbar sua bucetinha, toquei com meus dedos no seu grelinho gostoso, fiz movimentos giratórios que deixaram ela doidinha. Ela colocava a mão na boca pra abafar os gemidos e abaixava a cabeça, acho que ela tava morrendo de vergonha de me encarar, mas mesmo assim a safada abria mais as pernas pra sentir meu toque, meti dois dedos na sua buceta e iniciei um vai e vem gostoso, mas a gente sabia que a minha namorada logo ia chegar então paramos. Dei mais um beijo nela e fui embora, não tava nem um pouco a fim de ver minha namorada e aguentar as chatices dela.

Fui pra casa cheio de tesão, cara, meu pau tava super duro o caminho todo, nem esperei chegar em casa, com o carro parado na garagem do prédio dela eu comecei a tocar uma punheta pensando naquela buceta, em quanto ela tava molhada, no gemido dela, sempre senti que minha sogra era uma putinha gostosa que só precisava de alguém pra pegar ela de jeito e deixar ela soltinha. Fui pra casa, tomei um banho e me arrepiava inteiro pensando naquela brincadeira gostosa, que vontade da porra de traçar essa safada, assim que saí do banho tinha mensagem dela no meu celular, dizendo que não sabia o que eu tinha feito com ela, que ela sempre foi uma mulher direita mas que ela tava louca por mim. Eu mandei uma foto do meu pau duro pra ela depois de ter gozado no carro e disse que ela tinha feito aquilo comigo e que se ela fosse discreta a gente podia fazer mais vezes.

A gente não ia se ver aquela semana porque minha namorada tava estudando para provas, então eu e minha sogrinha começamos a trocar nudes. Nossa, que delícia, ela é baixinha, tem as coxas grossas, seios grandes, bunda perfeita e uma bucetinha gordinha bem feitinha. Eu fiquei com água na boca, morrendo de vontade de dar uma chupada gostosa e com certeza não ia deixar passar na primeira oportunidade que rolasse. Ela me mantou fotos com lingeries bem safadinhas e disse que tinha comprado pra mim. Fiquei louco, depois de uns dias aproveitei que minha namorada tinha ido pra faculdade e voltaria mais tarde, fui visitar minha sogrinha.

Assim que fechei a porta do ap, peguei ela de jeito, joguei na parede, beijei sua boca gostosa, seu pescoço cheiroso e desci para o seu colo, tirei a blusa e me deparei com aqueles seios fartos e durinhos pulando bem na minha cara. Senti sede daqueles peitos, cai de boca, dei uma mamada gostosa, suguei os biquinhos, enfiei o máximo que pude na boca, meu pau latejou e parecia que ia furar minha calça de tanto tesão que eu tava sentindo. Deixei ela peladinha, toquei sua buceta pra sentir e tava ensopada já, essa mulher fica muito molhadinha, é uma loucura.

Ela tirou minhas roupas com pressa, ficou doida quando viu meu pau duro, grande e grosso. Ela ficou salivando, pediu pra chupar e deixei, pra minha surpresa ela tem uma chupada muito boa, a gostosa caprichou na chupada. Engolia meu cacete de um jeito tão guloso, ao mesmo tempo em que brincava com seus peitos gostosos. Ela tava necessitada de sexo, mamava meu cacete como se fosse o último pau na terra. Eu fiquei louco, gemi pra caralho com ela, deu um tesão do caralho, vontade da porra de comer a safada logo, meu pau já tava doendo de tesão.

Levantei ela no colo, joguei na beiradinha da cama, me ajoelhei c retribui o boquete metendo a língua toda naquela buceta, mamando no seu grelo, chupando, pincelando tudinho até o cuzinho. A timidez dela foi todinha embora, a safada começou a gemer, se arreganhou mais ainda e pediu pra eu não parar, nem demorou, ela gozou gostoso com meu oral, ficou toda molinha e satisfeita, e eu pronto pra comer sua bucetona gostosa e melada. Enterrei meu pau todinho de uma vez só, eu tinha muita sede por essa mulher, senti minha pica toda atolada, ela gemeu gostoso, gemi junto com ela, ela fazia a maior cara de quem tava morrendo de tesão e eu adorando todas as expressões dela. Era a gente fodendo e se beijando gostoso, uma delícia.

Meu pau entrava e saia com força, meu saco batendo nessa buceta gostosa, foi uma delícia. A gente ficou na maior meteção, ela sentiu uma vontade louca de sentir meu cacete entrando cada vez mais fundo na sua xana. Ela deu uma trepada gostosa comigo, mas eu queria mais. Perguntei se ela já tinha dado o cuzinho, ela garantiu que quando era mais nova o marido gostava, mas nunca comeu direito, então eu disse que ia comer e ela ia achar bem gostoso. Puta que pariu, botei ela de quatro, dei uma cuspidinha no seu cuzinho, lambuzei ele todinho, comecei com os dedos, ela gemeu, começou a rebolar. A putinha já tava bem solta. Abri as bandas daquele rabão avantajado, fui encaixando a cabecinha, ela reclamou de dor mas encarou até o fim. Meti a pica no cu dela, ela pediu pra ir devagar então comecei a bombar devagar até deixar seu rabo laceado.

Quando ela tava mais relaxada comecei a bombar mais forte, enfiei a rola com vontade, soquei, tirei sangue, arrombei aquele cu. Que cu gostoso da porra, esfolou minha pica toda, deixou doloria mas depois de muito torar esse rabo eu gozei, e foi uma gozada bem gostosa, deixei minha porra toda atolada dentro do seu cu com um baita rombo que deixei. Ela reclamou que tava dolorida mas falou que foi muito gostoso. Nossa, eu ainda segurei mais um tempo com a filha dela só pra poder comer essa gostosa, mas acabei não aturando mais o namoro e infelizmente não tinha tantas oportunidades na época de comer minha sogrinha, mas agora depois de um tempo a gente começou a se falar pelo instagram e combinamos de matar a saudade.

Contos relacionados

© 2019 - Ler Contos Eroticos
Porno - Xvídeos - Xvideos - Porno Gratis - Sexo Amador - Videos pornográficos Xvideo Porno - Xvideos Pornor - - x videos - xxx - Filme Pornô - xvideo - Porno nacional Contos Eróticos - - Videos Pornos