Ler Contos Eroticos » Fetiches » Fui passar as férias com meu padrinho safado

Fui passar as férias com meu padrinho safado

  • 18 de dezembro de 2018
  • 527 views

Me chamo Lurdinha, sou muito ligada ao meu padrinho e minha madrinha, mas nunca tinha passado as férias com eles. Quando fiz 18 anos comecei a sair mais de casa, ainda era virgem mas já sentia uma coceirinha na buceta e tinha pensamentos eróticos que eu reprimia porque sempre fui daquelas garotas criadas dentro da igreja.

Com 18 anos ainda, arrumei um namorado do colégio e meus pais começaram a não gostar, eu chorei muito quando eles falaram que iam me mandar nas férias pra casa do Ismael, meu padrinho, tudo para eu ficar longe do Gabriel, meu namorado. Meus padrinhos não podiam ter filhos então sempre fui como uma filha pra eles.

Eu sempre chamei a atenção dos garotos da rua e da igreja, sou branquinha, magrinha, peitos pequenos, bunda durinha, 1,60 de altura, cabelos longos, sou loirinha e tenho olhos castanho esverdeados. Bom, eu tava triste por causa do meu namorado mas assim que as aulas acabaram fui viajar para o Rio, onde meus padrinhos moram.

Eles me receberam muito bem mas minha empolgação tava zero. Eles estranharam mas mesmo assim foram super carinhosos comigo. Não deixei de observar como meu padrinho tava bonito, grisalho mas com cara de mais jovem. Ele tem uns 40 anos e é super bonitão e atlético. Fomos pra casa, eles me acolheram bem. Meu padrinho tava desempregado e minha madrinha que é enfermeira tava bancando tudo com os 3 empregos dela, por isso eu só via ela a noite e a coitada sempre chegava muito cansada.

Meu padrinho passava o dia comigo, me levava na praia, para passear, passava o dia vendo filme comigo, era muito divertido. Logo nem lembrava mais do Gabriel, comecei a ver ele como homem, sentia até vergonha. Um dia a gente marcou de ir a praia e resolvi colocar um biquíni, minha mãe só deixava eu ir de maiô.

Meu padrinho concordou que eu deveria ficar a vontade e disse:

-Deixa eu ver como você fica de biquíni.

Eu apareci meio tímida e ele disse que eu tava linda, os olhos dele até brilharam vendo meu corpo. Ele tava de sunga e percebi um volume se formar.

Ele ficou constrangido e foi ao banheiro, demorou vários minutos, tive certeza que ele foi bater uma punheta depois de me ver de biquíni.

Não sei porque, fiquei toda molhadinha, no caminho ele conversou pouco, tava super sem graça. Era dia de semana, pouca gente pela praia, mesmo assim ele foi comigo para uma praia super deserta, só tinha a gente e poucas pessoas longe.

Ele armou uma esteira, me deitei pra pegar um bronze e ele disse que tinha levado um protetor, perguntou se eu queria que ele passasse. Eu disse que sim, me deitei de costas, ainda tava meio tímida e sem graça das sensações que eu tava sentindo. Quando deitei ele começou a passar nos meus ombros, foi descendo pelas minhas costas e me arrepiei todinha, ele percebeu e continuou me acariciando inteirinha.

-Vou passar em você todinha tá? se você achar ruim só falar que eu paro.

Não entendi nada mas disse ok. Ele continuou descendo, foi para minhas coxas, passou tudinho, depois subiu de novo e começou a passar protetor na minha bunda. Nessa hora minha buceta ficou toda ensopada, o biquíni tava todo molhado.

Ele suspirava, respirava forte, com certeza tava cheio de tesão e não tirava as mãos do meu corpo, quando de repente senti ele deitando do meu lado, eu ainda de bruços e ele de ladinho, aí o safado chegou bem pertinho e senti seu pau duro encostando em mim. Ele chegou pertinho e falou baixinho.

-Passei direitinho o protetor?

-Passou sim, tio! melhor impossível.

-Agora o tio tá com um problema porque olha como eu fiquei.

Ele me virou de lado pra eu ficar de frente pra ele e encostou sua pica na minha bucetinha, eu tava com a buceta latejando e com o coração disparado, mas não conseguia ter nenhuma reação, só deixei ele conduzir.

Ele pegou minha mão, colocou em cima da sunga dele e começou a me ensinar como fazer os movimentos pra tocar uma punheta pra ele. Eu comecei a tocar uma punhetinha, depois ele colocou a rola pra fora e continuei batendo uma mais a vontade no seu cacete grosso.

Ele começou a dedilhar minha bucetinha, era tão gostoso outra pessoa fazendo isso, eu comecei a gemer baixinho, fiz carinha de safada, mordi os lábios e ele fica doido.

-Tá toda molhadinha né linda? que bucetinha gostosa, apertadinha… dá ela pra mim.

Respondi com um gemido ofegante e ele continuou, afastou meu biquíni, levantou minha perna pra ficar por cima dele e discretamente veio encaixar seu pau. Eu disse que era virgem, ele ficou louco e começou a me beijar, ser bem paciente. Ele falou que ia colocar devagar e ia me deixar bem molhadinha pra entrar fácil.

Com os beijos dele a minha buceta ficou ensopada aí ele começou a encaixar o pau. Foi bem louca minha primeira vez, com meu padrinho na praia com aquele sol forte em cima da gente. O pau dele foi entrando aos poucos, comecei a morder o ombro dele pra aguentar a ardência que rolou, mas começou a ficar bem gostosinho quando ele enfiou todo.

Ele começou a me comer de ladinho, chupou meus peitinhos, e movimentava o corpo para socar gostoso. Eu me arrepiava, gemia, nossa! que tesão!

-Nossa, você é tão apertada, que delícia de bucetinha lisinha, vou comer ela bem gostosinho sempre que você quiser.

Ele ficou mais descarado, me deitou de barriga pra cima, abriu minhas pernas e ficou em cima de mim metendo, sentia seu saco batendo na minha buceta e seu pau entrando gostoso, ele beijava minha boca com vontade, o pau entrava e saia que era uma delícia, eu acabei tendo meu primeiro orgasmo transando com alguém ali mesmo, e ele continuou me comendo até que sem avisar ele gozou dentro.

Fiquei morrendo de medo, mas ele me deu remédio no dia seguinte, e deu tudo certo. Depois dessa foda na praia eu fiquei viciada em dar para ele, era todo dia minha buceta latejando pelo pau do meu padrinho. Quando as férias acabaram eu até chorei de saudade, a gente se fala todo dia e já tô louca pra voltar de novo e repetir a dose.
padrinho

Contos relacionados

© 2019 - Ler Contos Eroticos
Porno - Xvídeos - Xvideos - Videos pornográficos Xvideo Porno - Xvideos Pornor - X Videos - xxx - Filme Pornô - xvideo - Porno nacional Contos Eróticos - - Videos Pornos