Ler Contos Eroticos » Gays » Sequestrado e arrombado

Sequestrado e arrombado

  • 15 de fevereiro de 2018
  • 27487 views

 

Olá gente, é minha primeira vez aqui, então vou me apresentar.
Sou Marcos Molinnari, tenho 22 anos, 1,75 de alt. 72 kg, olhos castanhos e muito carinhoso!!!
Isso que vou contar pra vocês foi real.Aconteceu quando tinha 18 anos, esta esperando o ônibus pra voltar pra casa, depois de um dia muito cansativo de trabalho, por volta das 18:30 hs. Não tinha muita gente na parada, e isso facilitou muito.
Assim que cheguei na parada de ônibus, dois rapazes de aproximadamente 24 anos, morenos, fortes, o corpo sarado, até bonitinhos. Começaram a me encarar e conversar um com o outro baixinho. Percebi que estavam falando de mim, e fiquei um pouco desconfortável com a situação.
O ônibus chegou e eu torci pra eles não entrarem, mas pra minha surpresa entraram no mesmo ônibus e sentaram duas fileiras atrás de mim.
A viagem parecia que não ia acabar mais, estava ficando preocupado, com medo de fazerem algo comigo.
Sou muito discreto, quem não me conhece não sabe da minha preferência sexual, então, presumi que eles queria me assaltar.
Chegou no ponto onde eu ia saltar e lês vieram atrás de mim, meu coração batia acelerado, e quando menos espero, fui surpreendido por eles, que me pegaram a força e me levaram pra um lugar deserto.

Pensei que ia morrer, quando um deles pegou um celular e ligou pra outra pessoa. Ficamos ali uns 20 minutos, quando chegou outro rapaz de carro.
Nesse momento percebi que não era um simples assalto, mas um seqüestro. Eu trabalho em uma grande empresa, como auxiliar administrativo, não tenho muito dinheiro, mas me visto muito bem. Talvez eles tivessem achando que eu era muito rico. Quando o rapaz desceu do carro, me colocaram no banco traseiro e um veio me segurando.
Nesse momento eles começaram a dizer que iam me deixar muito machucado, que eu nunca mais ia esquecer aquela noite, e eles estavam com toda razão, nunca esqueci e nem vou esquecer essa noite.
Comecei a chorar, estava aterrorizado com a idéia, andamos uns 15 quilometros e entramos em uma casa, numa rua pouco movimentada.
Quando entramos, a casa estava vazia, tinha poucos móveis, estava muito empoeirada, e achei que seria o meu cativeiro. 
Eles me amarraram na cama, e um deles disse: Quanto vamos pedir?
O outro respondei: Não sei, vamos ver. Mas antes, vamos brincar um pouquinho com ele.
Ótima idéia, disse o outro. Eu to louco pra comeu um cuzinho apertadinho!

Essa fala simplesmente me deixou muito excitado, esqueci que estava sendo sequestrado e comecei a imaginar aqueles três caras me comendo.
Começaram a tirar a roupa, tinha um cacete enorme, um deles sentou em cima de mim e me colocou pra chupar, fingi que não queria, mas ele tinha um cacete tão gostoso que não resisti. Cai de boca naquele pau maravilhoso.
Hummm, ele ta gostando de chupar meu pau. Disse ele.
Vamos torar esse viadinho. Disse o outro.
Vierem os três, me desamarram e eu comecei a chupar eles com gostou, enquanto isso, um me pegou por traz e começou a enfiar o cacete no meu cominho, eu gemia de dor e prazer, estava adorando! Nunca tinha tranzando com mais de um e naquele dia, estava fudendo com três de uma vez.

Fudemos a noite toda, e no amanhecer do dia, resolveram me soltar, dei apenas o que tinha na carteira naquele momento, uns 250 reais.
Até hoje, todos os dias, espero que eles voltem ao ponto d ônibus que eu pego pra repetir aquele seqüestro maravilhoso!

 

Contos relacionados

© 2018 - Ler Contos Eroticos
Xvideos - Porno Gratis - Videos de Sexo - Videos pornográficos - x videos - xxx - Filme Pornô - xvideo - Porno nacional - Videos de Incesto - Novinhas Gostosas