Ler Contos Eroticos » Heterosexuais » Fodendo duas irmãs gostosas

Fodendo duas irmãs gostosas

  • 13 de março de 2019
  • 156 views

Duas irmãs gostosas vão dar mole pra um colega da faculdade

Eu me chamo Leonardo, mais conhecido como Leo, tenho 25 anos, baladeiro e vou contar como comi duas irmãs bem safadas e liberais. Uma delas se chama Ana Clara e a outra Ana Júlia, de 20 e 22 anos. Essas duas gatinhas são bem parecidas, poderiam até se passar por gêmeas, cabelos lisos longos, pele branquinha, magrinhas com peitos médios e uma bunda média bem gostosinha. Elas são lindas de corpo.

Essas duas putinhas são típicas patricinhas da faculdade de direito, eu que sou bolsista nem pensava em comer elas, apesar de ser um cara boa pinta, corpo malhadinho e tudo mais, eu nunca tive dificuldade pra pegar mulher, mas elas são muito patricinhas e ricas. Os caras já comentavam a fama de putas delas e a maioria da mulherada tinha uma inveja da porra delas.

Elas viviam em baladas, já encontrei elas em algumas, a gente se cumprimentava e nada de mais, no fim das contas as safadas estavam fodendo com os otários da faculdade, aqueles riquinhos que passavam a noite toda bebendo e ostentando. Cara, eu tinha um tesão da porra nelas, em uma dessas baladas eu ficava vidrado vendo as safadas dançando, descendo até o chão, com cada vestidinho curto que me deixava doido.

Um dia encontrei com elas no shopping, em um restaurante tomando chopps, rindo alto e cheia de sacolas de compras de lojas caras. Fui lá cumprimentar, elas sorriram animadas, perguntaram se eu queria sentar mas eu disse que já tava indo. Elas me ofereceram carona, eu disse que tava de boa mas elas insistiram tanto que acabei me sentando com elas, tomei um choppinho e a gente começou a jogar conversa fora, nunca conversei tanto com elas. As duas estavam bem animadinhas depois de tomar umas.

Cara, eu fiquei muito animado naquele bate papo, já tava meio tarde mas era uma véspera de feriado, aí tava de boa pra mim. As gatinhas me convidaram para darem uma passadinha na casa delas. Pow, gelei, mas elas falaram que a gente podia continuar bebendo a vontade lá e mergulhar na piscina. Elas falaram que os pais dela tinham ido para o sítio de manhã e por isso estavam aproveitando.

Fui com elas pra casa das duas e cara, que doideira, a casa é linda, casa de rico mesmo, na piscina tem um barzinho com um freezer, a Clara abriu, tava cheio de bebidas, ela mandou eu ficar a vontade, peguei uma garrafa e comecei a tomar numa boa. Elas entraram e na volta estavam de biquíni, porra, fiquei babando por elas, bem gostosas. Elas colocaram uma música, me arrumaram uma bermuda do pai delas e entrei na piscina, a gente bebia, conversava e as duas já animadinhas começaram e me pegar.

Elas passavam a mão em mim, começaram a me elogiar, a gente brincava na água e de tanto me tocarem eu não aguentei, já tava animadinho de beber e fiquei de pau duro e meio preocupado com a reação delas, mas a Clara, mais safada das duas, agarrou meu pau e começou a masturbar olhando com cara de safada.

A Júlia começou a rir, falou que ela era uma putinha mesmo e tava demorando pra me pegar e que queria um pouquinho também. Beijei a Clarinha e a safada da Júlia, ia me revezando com elas mas acabei ficando surpreso quando de repente elas começaram a se beijar na minha frente. Fiquei meio espantado mas não disse nada, não queria cortar o clima e tava doido pra foder as duas.

Elas se beijavam gostoso, uma tirou a parte de cima do biquíni da outra e a Clara começou a mamar gostoso no peitinho da Júlia, que tesão da porra mano, meu pau tava explodindo só de ver a pegação safada daquelas duas. Elas então mandaram eu sair da piscina e sentar na borda. Quando fiz isso colocaram meu cacete pra fora e recebi uma mamada deliciosa dessas safadas.

Meu pau tava durão latejando pra cacete, enquanto elas me chupavam eu me abaixava pra pegar nos peitinhos delas, que delícia, as duas me mamaram gostoso, paravam, se beijavam e me chupavam juntas. Foi uma delícia eu não aguentei muito, acabei gozando na boca delas, chuparam meu pau todinho, lamberam cada gota da minha porra, deixaram meu pau limpinho, saíram da água e foram pegar uma garrafa de contreau no freezer. Começaram a beber e voltaram a me beijar, as duas estavam bem safadas. Fui tirando o biquíni delas, a Júlia sentou na cadeira que fica na beira da piscina e abriu as pernas, mostrou pra mim sua buceta toda gostosa, começou a se masturbar e enfiava e tirava os dedos, vi ela toda molhadinha com os dedos enxarcados.

Fui lá na hora, me ajoelhei e comecei a chupar sua buceta gostosa, mamei gostoso, senti o seu grelinho delicioso na minha boca, mamei com vontade, enfiei a língua todinha na sua buceta, delícia do caralho, tava com a língua ensopada de tanto mamar nessa putinha. A irmã dela se aproximou, começou a se masturbar vendo a cena e eu doido de tesão fiquei logo de pau duro de novo. A putinha da Clara agarrou meu pau pra brincar enquanto eu engolia a bucetinha da irmã dela.

A safada gozou gostoso e queria mais, pediu pra eu meter, se arreganhou mais ainda a buceta pra mim, fiquei arreganhada, eu meti na xota dela, a safada engoliu meu cacete todinho, que delícia do caralho, bucetinha quente, bem apertada, ela gemia gostoso, a irmã beijava ela, chupava seus peitos e ela gemia de um jeito bem intenso, foi muito gostoso. Ela engolia meu pau com a sua buceta gostosa, foi o maior tesão, comecei a aumentar o ritmo das bombadas e a Clarinha falou que também queria pica, aí a irmã bem safada levantou e trocou de lugar com ela, mas eu sugeri as duas ficarem de quatro, aí comecei a comer a Clarinha, nem sei dizer qual buceta era mais gostosa e apertada.

-Que buceta quentinha, delícia, vocês são muito gostosas, puta que pariu!

Elas só riam com cara de piranhas e gemiam gostoso, tirava o pau de uma, metia na outra foi uma delícia, fiquei sem aguentar, meti cada vez mais forte, senti meu saco batendo com tudo na beiradinha das duas, senti que não ia aguentar muito tempo. A Jú gozou de novo, a mulher era uma máquina de gozar. Depois que ela gozou, comecei a comer o cu da Clarinha, porra, cu apertado do caralho, esfolou minha pica toda, meti mais forte, não aguentei e acabei gozando gostoso naquele cu apertadinho.

Foi muita doideira essa foda com elas, eu já tava bêbado, por isso não lembro de tantos detalhes mas lembro o quanto foi gostoso. Eu acabei dormindo lá com as duas, repeti a dose e virei pau amigo delas. Fiquei com vontade de contar para os meus amigos, mas não queria perder a putaria com elas, então só comi caladinho as safadinhas quando rolava oportunidade.

Contos relacionados

© 2019 - Ler Contos Eroticos
Porno - Xvídeos - Xvideos - Videos pornográficos Xvideo Porno - Xvideos Pornor - X Videos - xxx - Filme Pornô - xvideo - Porno nacional Contos Eróticos - - Videos Pornos