Ler Contos Eroticos » Incestos » Fudi com minha tia Judite

Fudi com minha tia Judite

  • 28 de fevereiro de 2019
  • 125 views

Relato de como fudi minha tia gostosa

Tenho uma tia safada chamada Judite, ela tem 45 anos, sempre foi a mais gostosa e namoradeira da família. Deu muito trabalho aos meus avós e hoje em dia, mesmo divorciada, minha tia não deixa de ser namoradeira. Sempre tive tesão nela, eu que tenho 25 anos hoje, sempre sonhei em comer minha tia e um dia, durante uma brincadeira, acabei dando uma indireta nela. Depois disso minha tia passou a dar em cima de mim, mas com medo, demorei a me dar conta, então ficava só levando na brincadeira, observando pra ver se ela tomava uma atitude.

Na época eu era muito frouxo, morria de medo de estar entendendo errado, dar em cima dela e depois ela contar pra minha mãe ou para a família toda. Um dia a tia Judite foi na praia, voltou meio altinha de cerveja, tirou a canga e ficou só de biquíni pela casa. Nossa, que tesão da porra, não aguentei, fiquei com uma vontade louca de arrancar aquele biquíni e ver como era a bucetinha dela, seus peitos. Eu fantasiava muito com a minha tia gostosa.

Nesse dia do biquíni mesmo, toquei uma punheta bem gostosa pensando na buceta dela bem molhada quicando no meu pau grosso. Não tinha como não desejar ela. Minha tia gostosa é loira, tem uma bunda bem redondinha arrebitada, peitos deliciosos que me convidam pra mamar. Depois de vários meses de flerte, eu resolvi arriscar e confessar que tava apaixonado por ela. A reação da minha tia foi de surpresa, ela tentou conversar comigo, falou que era errado, que se alguém na família soubesse ia dar merda, e etc.

Logo ela disse que a gente podia experimentar, mas que seria um segredo. Caralho, nesse dia fiquei feliz, acabei esperando todo mundo dormir pra ir ao quarto da minha tia gostosa. Foi uma putaria gostosa quando cheguei lá. Peguei ela de jeito, dei um beijo naquela boca, senti o corpinho dela quente e arrepiado. Ela começou a me agarrar, pegou no meu pau começou a masturbar por cima do short, aí não aguentei, abri o short e meti meu pau na mão dela. Ela não se aguentou, caiu de boca, me mamou gostosinho e fiquei louco, uma chupada gostosa do caralho.

Depois de me fazer gozar na boca dela, minha tia deitou na cama e eu chupei sua buceta gostosa. Meti a língua naquela buceta bem fundo. Senti seu gostinho suave, o cheiro gostoso daquela xota e meti dois dedos enquanto chupava o grelo da minha tia Ju. Ela rebolava na minha boca, coisa linda de se ver, aquele mulherão ali entregue, molhadinha com minha língua e querendo mais. Não demorou muito pra ela gozar na minha boca também e nem para o meu pau ficar duro novamente. Minha pica deu altas latejadas e novamente tava dura feito pedra.

Ela pediu pra eu subir em cima dela, a gente trocou beijos com o gosto molhado da sua xaninha e sem aguentar o calor do corpo dela embaixo do meu, fiz ela arreganhar bem as pernas e comecei a bombar dentro dela. Meu pau entrou todo até o talo, ela gemeu e me apertou com as coxas, pedindo pra eu meter com força e mais fundo. Nem conseguia acreditar que eu tava comendo minha tia.

Cada bombada que meu pau dava na buceta dela, era um gemido nosso, a gente começou a suar, nossos corpos até deslizavam. Tava um calor do caralho e a gente pegando fogo de tesão. Pedi pra ela ficar de quatro e tive a visão perfeita daquele rabo enorme. Meti na sua buceta, ela engoliu meu pau, segurei pela cintura, fiz ela rebolar igual uma puta no meu cacete grosso.

Ela gemia, pedia mais, falava que eu tava arrombando sua buceta, que tava gostoso e me puxava pra aumentar mais o contato. Meti tão rápido que deixei ela sem fôlego, gemia e a voz falhava. Meu pau já tava até doendo mas eu não queria parar, queria foder ela inteira, que gostoso. Minha tia gostosa ficou feito louca e só assim ela acabou gozando de novo. Eu ia gozar também mas pedi pra ela deixar eu comer seu cuzinho.

Meu pau encaixou direitinho no cu dela, comecei a bombar assim que entrou, ela pediu pra ir devagar, que eu tava arrombando o cuzinho dela, mas logo ela tava com o cuzinho laceado pela minha pica e soquei com força. Foi um tesão de foda, fiz ela ficar louca, gritar de tesão, tive que fazer ela se calar para não acordar a casa.

O cu dela tava todo arrombado já mas eu não queria parar de fuder minha tia gostosa. Enchi aquela bunda tatuada de tapas, minha tia é mais puta do que eu pensei na cama. Ela então abriu uma gaveta, tirou um vibrador e começou a enfiar na buceta enquanto eu comia ela no cuzinho. Os gemidos da safada aumentaram, ela começou a empinar mais gostoso, abri as bandas do seu rabo e ficava cheio de tesão observando minha pica melada entrando no seu cu.

De repente não aguentei mais e acabei dando uma gozada gostosa no cu da minha tia, enchi de porra mesmo. Tinha gozado antes mas já tava cheio de porra pra jorrar naquela bunda perfeita com marquinha de biquíni. Depois de gozar a gente ficou de namorinho na cama, fomos tomar banho e voltamos a putaria. Dessa vez rolou um meia nove gostoso. Aquele rabão na minha boca e meu pau na boca dela, gozamos quase ao mesmo tempo.

Perdi a conta de quantas vezes gozamos essa noite, mas foi inesquecível foder minha tia. A gente passou a ter um caso, e de tanto fuder sem camisinha, acabei engravidando ela, mas claro que ela não contou pra ninguém que é meu. Mesmo assim vivemos juntos como marido e mulher, escondidos do resto das pessoas.

Contos relacionados

© 2019 - Ler Contos Eroticos
Porno - Xvídeos - Xvideos - Videos pornográficos Xvideo Porno - Xvideos Pornor - X Videos - xxx - Filme Pornô - xvideo - Porno nacional Contos Eróticos - - Videos Pornos