Ler Contos Eroticos » Incestos » Sou uma tia safada e tirei a virgindade do meu sobrinho

Sou uma tia safada e tirei a virgindade do meu sobrinho

  • 24 de fevereiro de 2018
  • 731 views

Conto de Incesto: Sou uma tia safada e tirei a virgindade do meu sobrinho

Sou uma tia safada e tirei a virgindade do meu sobrinho. Sou uma morena de 35 anos, tenho um sobrinho de 18 chamado Ricardo que virou um tesão de rapaz. Eu sou madrinha dele e sempre papariquei meu sobrinho. Ele sempre tá aqui em casa, sempre dei tudo pra ele, nada mais normal do que uma tia que adora o sobrinho.

Mas teve uma época que ele começou a malhar, ficou lindo e começou a chamar a atenção das meninas, e também da tia, mas agora imagina minha cabeça, eu sentindo tesão pelo rapaz que eu vi crescer? Comecei a ir na igreja achando que era coisa do capeta, parei de ver ele com tanta frequência e ele até ficou triste com isso, achando que eu tava com raiva dele, chegou até a me ligar tristinho.

Bom, resolvi encarar de frente e deixar para lá. Ele veio passar um fim de semana aqui e foi aí que a coisa ficou complicada, porque ele desde sempre estava acostumado a dormir comigo e nesse fim de semana ele tava com muita saudade, me encheu de beijos inocentes, mas na minha cabeça de puta, aquilo despertava tesão.

Na hora de dormir ele pediu para dormir comigo, meu quarto tinha ar condicionado, era mais fresco. Deitamos e ele me deu boa noite e me abraçou, mas nessa noite não consegui dormir de jeito nenhum. Um calor percorreu meu corpo, um tesão incontrolável, minha buceta tava toda molhada.

Ele acabou dormindo e ficou de conchinha comigo. Eu fiquei imóvel e no meio da madrugada senti que o pau dele tava duro, coisa normal de homem, ainda mais que ele dormia sem cueca sempre. Eu não consegui deixar de aproveitar e fiquei roçando devagar minha bunda na sua rola.

Minha vontade era ter aquele cacete todo enfiado no meu rabo e quando ele acordou de repente, fiquei imóvel com medo dele ter percebido algo, mas logo ele se aconchegou mais em mim e eu continuei dando roçadas de leve. Até tirei minha calcinha e fiquei só de camisola. Minha buceta tava toda melada.

Quis arriscar mais e peguei de leve no seu pau, eu só queria sentir, fiquei morrendo de medo mas fui assim mesmo. Eu comecei a acariciar por cima do short e vi sua pica crescendo cada vez mais com o carinho que eu dava. Passei a mão na minha vagina e comecei a me masturbar, toquei uma siririca bem de leve e gostosa vendo aquela pica dura ali no short.

Eu tava louca, ele de repente acordou e ficou me olhando sem falar nada. Logo depois ele levantou minha camisola, fez um carinho na minha barriga e sem dizer nada colocou a mão na minha buceta e começou a me masturbar gostoso, enquanto que com a outra mão ele me fez bater uma bem gostosa pra ele.

Ficamos assim, acho que os dois sentindo um mistro de tesão e culpa, eu tocando uma pra ele e ele para mim. Até que eu me levanto, tiro seu short e chupo seu pau enquanto ele começa a fazer carinho nos meus cabelos e gemer bem gostoso com minha língua percorrendo toda a base do seu caralho.

Eu sentei em cima dele sem colocar o pau dentro, e comecei a rebolar só para provocar e pedi para ele chupar meus seios, coisa que ele fazia todo desajeitado, então perguntei se ele já tinha feito isso antes. Ele disse que não, mas queria aprender tudo comigo.

Depois de chupar seu pau eu disse:
– A tia vai sentar no seu colo bem gostoso agora. – Ele só sorriu meio nervoso, encaixei minha buceta no seu pau e comecei a mexer gostoso. Ele ficou louco, gemia até mais do que eu, chupava meus peitos, apertava, segurava minha bunda e dizia que eu era muito gostosa.
tia
Ele perguntou se podia me comer de quatro. Coisa de garotão virgem, para eles isso é como um troféu. Fiquei de quatro e antes dele meter eu disse:
– Você não quer dar uma chupada nela primeiro?
Ele então começou a chupar, bem desajeitado, mas fui orientando como eu gostava e logo o garoto ficou fera, quase me fez gozar só assim.

Fiquei de quatro e o safado todo apressadinho meteu de uma vez só na minha buceta, começou a bombar gostoso e me deixou toda arrombada. Ele tem uma energia danada, mete sem parar um tempão, eu já sem aguentar gozei gostoso, ele ficou sem entender mas depois expliquei pra ele. Não demorou muito e ele deu uma gozada também, bem dentro da minha buceta.

Foi uma delícia sentir toda a porra do meu sobrinho escorrendo pela minha xota até descer pelas coxas. Ficamos de namorinho na cama depois disso e o safadinho ficou viciado em vir na minha casa todos os dias depois da aula pra matar a vontade de me comer.

Contos relacionados

© 2018 - Ler Contos Eroticos
Xvideos - Porno Gratis - Videos de Sexo