Ler Contos Eroticos » Lésbicas » A prima do meu namorado deixou minha buceta piscando

A prima do meu namorado deixou minha buceta piscando

  • 8 de novembro de 2018
  • 396 views

Vou contar um relato sobre a prima do meu namorado. Me chamo Fernanda, tenho 20 anos, sou loirinha, carioca, 1,69 de altura, 55 quilos, viciada em academia e praia. Tenho olhos castanhos claros e com toda modéstia sou uma mulher bonita.

Eu namoro a 2 anos o André, a nossa vida sexual é uma delícia, o sexo uma loucura, mas nunca contei pra ele que quando era mais nova eu tive um casinho com uma amiga da escola. Descobri que sou bissexual, mas como meu namorado é super conservador, eu nunca comentei com ele sobre esse meu desejo e acabei deixando de ficar com mulher.

Um dia a gente tava na cama, fomos ver um pornô onde um cara comia duas mulheres e as duas se chupavam. Isso me deu um tesão tão grande que eu resolvi descontar toda a vontade de fazer um menage no meu namorado.

Comecei a chupar o pau dele com vontade, mamei gostoso pra caralho, foi uma putaria danada, ele ficou louco. Depois de uma chupada bem gostosa, fiquei doida pra sentar minha bucetinha molhada na pica dele, quiquei gostoso, rebolei, fiz ele ficar louco de tesão, ele segurava meus seios com força, se levantava pra chupar os dois, foi me deixando bem louca.

Nisso eu gozei gostoso junto com ele e meu namorado ficou todo animadinho.

-Porra gata, hoje você caprichou hein? Tá mais safada do que nunca, que tesão.

Mal sabia ele que era uma vontade louca que eu tava sentindo por causa do vídeo safado que a gente viu.

Depois de uns dias, meu namorado comentou que a prima dele, A Pietra, viria passar as férias aqui no Rio. Ela é do interior de São Paulo, uma morena muito gata e com fama de lésbica.

Ela sempre foi muito gata e pegadora, meu namorado comentou em tom de brincadeira pra eu tomar cuidado, mas ele sabe que eu sou hétero, sempre gostei de rola mesmo e não correria esse risco de cair em tentação.

Ela chegou, rolou um churras na casa da minha sogra pra comemorar e o tempo inteiro eu curtia e não conseguia deixar de observar essa mulher deliciosa, morena, magrinha, seios médios, bunda empinadinha.

Ela bebia e conversava com o pessoal, eu dançando notava ela me secando com cara de safada, olhando para o meu corpo, minha bunda, uma delícia.

Fiquei toda arrepiada e senti minha buceta bem molhadinha, e meu coração disparou de tesão. Ela veio puxar papo comigo, eu comecei a conversar com ela, trocamos uma ideia legal e aos poucos o pessoal foi indo embora, meu namorado foi dormir completamente bêbado e eu fiquei no quintal com ela tomando todas altas horas.

-Você dança muito bem, você é linda e com todo respeito, que corpão hein? meu primo tem sorte.

Eu sorri com o elogio e me arrpiei todinha, acho que ela percebeu, ficou me olhando safada, foi me servir uma cerveja, passou a mão na minha coxa na hora e eu fiquei sem reação.

Ela continuou alisando vendo que eu não reclamava, fiquei toda molhadinha, ela na maior cara de pau disse que tava interessada em mim e queria me pegar gostoso. Foi descendo a mão, tocando na minha coxa, mexeu na minha bucetinha e passou a mão nos lábios e a língua com a maior cara de tesão.

-Nossa, como você tá molhadinha, vamos ali no cantinho escuro, assim não corre o risco de alguém ver a gente.

Fui com ela num cantinho do quintal onde era tudo escuro, o quintal era grande ninguém ia ver a gente ali. Ficamos trocando beijos, a língua dela invadindo minha boca, a mão dela na minha buceta, não me aguentei e acabei abrindo as pernas pra ela meter dois dedos na minha buceta molhadinha, ela começou a botar e tirar bem gostoso, me deixou com o maior tesão, eu gemi baixinho, rebolei nos dedos dela e foi uma delícia.

-Que buceta apertada do caralho, que delícia, que gostoso.

Ela metia mais forte, botou mais um dedo na minha bucetinha molhada e eu apertava os dedos dela na minha buceta, era gostoso pra caralho.

-Tô doidinha de vontade de chupar essa buceta gostosa, você é tão lisinha, tão apertada, que gostoso…

Ela me colocou em cima de um balcão que tinha nos fundos, tirou minha calcinha, me fez ajoelhar, abriu bem minhas pernas, chupou a minha bucetinha gostosa, ela enfiava a língua, chupava com vontade, foi gostoso sentir aquela língua gostosa me invadindo, fiquei com um tesão gigante, minha buceta molhava pra caralho.

-Aiii, você chupa bem gostoso, me fode com essa língua gostosa vai.

Elame deixava sem ar de tão gostoso que era aquela língua lambendo meu grelinho gostoso.

Eu tava me sentindo num filme pornô, ela me deixou toda peladinha, chupou meus peitinhos, deixou marquinha, enquanto enfiava um dedo na minha xana, depois chupava ela toda.

Eu fiquei de quatro apoiada no balcão, ela abriu a minha bunda e começou a fazer um cunete bem gostoso, deixou meu cuzinho piscando de tesão e foi descendo a sua língua gostosa pela minha buceta.

Eu não ia aguentar por muito tempo esse prazer imenso.

-Aaaaai, vou gozar! aiii que delícia, não tô aguentando.

Gemi um pouco alto, senti os espasmos e acabei gozando bem gostoso. Valeu a pena essa experiência que foi rapidinha e bem marcante.
prima

Contos relacionados

© 2019 - Ler Contos Eroticos
Porno - Xvídeos - Xvideos - Videos pornográficos Xvideo Porno - Xvideos Pornor - X Videos - xxx - Filme Pornô - xvideo - Porno nacional Contos Eróticos - - Videos Pornos