Contos Eróticos: Histórias Reais de Sexo, Contos Pornô » Contos verídicos » Orgia total: Comi a cunhada safada com gosto

Orgia total: Comi a cunhada safada com gosto

  • 15 de outubro de 2019
  • 6579 views
2 votes

Bom eu tenho 20 anos e vou contar uma história ( utilizando nomes ficticios )muito louca que me aconteceu comigo e meu irmão e com a namorada dele numa festa feita casualmente pelo nosso amigo Cleiton ….
A festa que ele fez era incrível meu! Nunca pensei que parar de beber um líquido besta faria ele ficar tão alegre e sorridente
Isso eu percebi quando nossos amigos chegaram antes da gente, e ele começava a abraçar de uma maneira muito forte e memorável
Estávamos em 8: Eu, Joana , meu irmão, Cleiton , Paula, Soraia, Lucas e Tanira

A gente começou a badalar, porém eu começava a ver a Tanira com outros olhos, e ela tbm me olhava de um jeito muito quente, parecia que ela queria me acariciar e afundar as suas mãos em meu pênis

Fui chegando nela, perguntando como que ela tava, se estava bem, ela me disse que sim, havia arrumado emprego, e sua Família tbm estava apoiando muito ela na carreira de assistente, então eu comecei a sem “querer” apalpar os seus seios deliciosos, porém a resposta foi negativa e ai então fiquei com vergonha..

Fiquei um pouco envergonhado, meus amigos começaram a rir de mim, até mesmo meu irmão, então eu saí do quintal e fui pra cozinha beber uma água e esquecer daquele povo rindo da minha cara

Meu irmão veio até mim e me falou

-Relaxa cara, afinal todo homem erra, e falha as vezes

-Mano talvez eu tenha falhado e muito lá fora, tô querendo ficar um pouco aqui na cozinha tá bom?

-Certo, continua aí pensando, vou lá encima ver o que a Joana tá fazendo

——————–
Luan relatando agora

Fui lá em cima pra ver a minha namorada Joana , vi o corpinho dela lindo me atraindo, ela estava de blusinha, com os bicos do peito a amostra, não me contentei e acabei entrando

-Olha baby, vem cá pra eu te massagear

Comecei a massagear os seus ombros levemente. Eu olhava para o seu rosto e sentia ela bem relaxada, tanto que suas pernas estavam bem abertas, e seu bumbum começava a se contrair, parecia que ela tava querendo muito mais do que uma simples massagem
Comecei devagarinho a acariciar a sua nuca, fiz ela se deitar quase que dormindo, comecei a abaixar minhas calças, e por fim abaixei minha cueca preta

Muito facilmente fiz um formato v em suas pernas então comecei a despejar meu líquido lubrificante natural naquela xoxota depilada

Mesmo com dificuldade consegui encaixar 100% o meu pal, então bem devagarinho eu estava metendo

Enquanto isso, ela virava o rosto e começava a me beijar, eu então metia a minha língua naquela boca, com o chiclete que eu havia colocado pra talvez beijar outras garotas

Minha namorada me deixa eu ser livre pra eu fazer o que bem entender

Começamos a trocar o chiclete alternando de boca em boca, a gente tava se deliciando tanto na penetração quanto nos nossos beijos

Minha rola pulsava naquela buceta, aquele caralho já tava com as veias todas saltadas, parecia que meu pênis iria estourar de prazer a qualquer momento

Então enquanto eu metia na buceta dela, eu enfiava meus dois dedos naquele cuzinho apertado, parecia que eu sabia o que viria a acontecer depois

————————–

Joel narrando

Sem querer ir lá pra fora fui, liguei o rádio num bom som de jazz, suave e relaxante, peguei da geladeira uma garrafa de Fanta gelada, então desejei no copo

Pensei do quanto que eu sou azarado com as mulheres, principalmente com aquelas que eu me apaixono perdidamente, talvez eu seja atrapalhado demais, ou talvez eu chegue nelas de um jeito meio zuado, ja querendo partir pra cama

Der repente eu escutei um som de lágrimas, eu n sabia quem era que estava chorando, talvez alguém se machucou sério lá fora, então rapidamente eu vi a Joana descendo as escadas chorando triste por alguma coisa

Seu corpo estava muito suado, e excitante, os bicos do peito dela estavam saltados

-Joana , tá tudo bem?

-To, tô sim! Secando os seus olhos com a blusa de manga comprida

-Não parece, o Luan te fez alguma coisa de mal?

-E que assim, a gente tava tranzando lá em cima, aí do nada, ele me disse pra mim que talvez seria a nossa última tranza do mês, porque ele já estava planejando viajar para a fora do Brasil, porém ele n quer me levar. EU SAI DO QUARTO MUITO TRISTE, PENSEI QUE EU E ELE SERÍAMOS UM casal UNIDO, SEI LÁ, A GENTE TINHA TUDO PRA DAR CERTO, AGORA ELE VEM COM ESSA DE QUERER IR PRA FORA DO BRASIL?

Sem querer abracei seu corpo, um abraço muito forte, tanto que até senti o seu corpo quase que se conectando ao meu

Ela se abaixou, e começou a me pedir para eu fazer o meu irmão mudar de ideia, e desistir de viajar em outubro

-Vamos lá pra cima, vou fazer ele mudar de ideia rapidão, pode confiar em mim minha cunhadinha preferida

-Agradeceria muito se você realizasse esse favor pra mim

Nos dois então subimos as escadas e fomos para onde ele estava

Deitado com a rola pra fora se espantou com a minha presença e a da namorada

-O que você tá fazendo aqui Joel? Tá vendo não que eu tô pelado?

-Luan olha, me diz uma coisa, porque você quer viajar pra Irlanda agora? E pq n quer levar a Joana

-Pq eu tenho coisas pra resolver e vai ser rapidão, 3 meses eu volto pra dar uma boa alcariciada na bunda dela

-Luan não é isso o que você tem que fazer, 3 meses pra você é pouco mas pra mim e tempo suficiente pra sua namorada te trair
Joana olhou para os meus olhos, com bastante raiva de mim, tipo “o que esse cara tá fazendo?” “Tá piorando só as coisas”

-Você não sabe de nada seu imaturo, mas a Joana pode muito bem ficar 3 meses sem os seus amassos pra sei lá, punhetar meu pau até receber leitinho

-O que você insinua ao dizer isso?

-Vou ser sincero, quero esticar essas bochechas dela com o meu pau, até ela abrir um sorriso de satisfeita

————————–

Joana Narrando

Eu via os dois naquela situação, me senti muito perdida, mas minha buceta já estava se encharcando com aquelas palavras que o Joel dizia na cara de pal pro Luan, que safado achei que os dois iriam se encher de porrada, afinal eles brigam desde criança
O que real aconteceu foi que o Luan mandou nós dois irmos a te ele, então eu fui né, eu nem me importava com a viagem, eu já queria era mesmo fazer aqueles dois apagarem o meu fogo, que naquele momento estava acendendo, ele começou a beijar o Joel e eu achei bastante estranho mas namoral eu tava curtindo muito aquela cena

Comecei a esfregar a minha buceta então os dois me chamaram pra junto deles, a gente começou a se beijar, alternando de boca em boca, uma hora eu beijava o Luan outra hora eu beijava o Joel

Um dos dois pegou na minha bunda muito forte, enquanto o outro atrás de mim me apertava contra o Luan, me senti igual a um hambúrguer, e eu era o recheio delicioso daquele banquete

Então o Joel afastou minha calcinha para o lado, e começou a enfiar os dois dedos na minha buceta já bastante molhada, ele metia seus dedos nela e fazia seu irmao chupar, o Luan safado metia o dedo no meu cuzinho todo lubrificado com a sua sálvia, uma dupla penetração sem envolver os seus pênis ainda

Em um instante vi o Joel já pelado igual o seu irmão, n é por acaso que esse safado fez a Tanira passar vergonha, ele ja estava preparado pra atacar a minha xota, então suas mãos levanTaniram minha coxa suavemente

Eu na empolgação comecei a punhetar aquela rola grande e gostosa, ele me deixou controlar meus movimentos, pinhetei ele bem devagar pra ele n gozar rápido, então fiz ele introduzir aquele caralho veiudo na minha xoxota suada
Enquanto isso meu namorado com o seu pênis bateu várias vezes na minha cara, fiquei com o rosto melado de líquido lubrificante

-ABRE SUA BOCA FILHA DA PUTA

Lambi aquela cabeçuda rola, bem na pontinha pra ele ficar bem louco, então comecei a mamar e a acariciar devagarinho o seu saco

-VOCÊS VÃO ME DAR LEITINHO NÉ? QUERO VER VOCÊS DOIS JORRAREM TUDO, TUDINHO MESMO NA MINHA XOXOTA

-EU VOU AFOGAR ELA DE TANTO GOZO SAINDO DO MEU PAU

-CONTINUA CHUPANDO CARALHO EU N MANDEI PARAR

-ISSO ASSIM MESMO, REBOLA MEU AMOR, ESSE PAU COM A CINTURA BEM GOSTOSO

Joel tirou sua rola então me mudei de posição e comecei a empinar a bunda, Luan foi para o outro lado pra me chupar, enquanto isso o Joel ficou de pernas abertas pra mim

-AGORA E MINHA VEZ DE SENTIR SEUS LÁBIOS ROÇAREM NO MEU K7 DURO, CHUPA BEM EM, SE NÃO DOU TAPA NA SUA CARA VAGABUNDA

-FICA ENTÃO PARADINHO, NÃO SE MECHE PRO LUAN NÃO SE ATRAPALHAR ATRÁS DE MIM

Então o Luan começou a me chupar, e sua lingua ficava entre meus dois lábios, o safado chupava e modiscava eles, eu já tava me sentindo incomodada, mas a rola do Joel não me fazia falar nada, eu tava simplesmente de boca cheia, de pouquinho em pouquinho ele chegava suavemente no meu clitóris foi aí que eu só relaxei é continuei mamando
Depois de um tempo, meu namorado começou a me atolar, e o Joel ficou de pé na cama, me forçando a mamar ele
Ele metia muito forte parecia n querer parar nunca, ele tinha um pênis além de lindo, muito preparado pra n gozar rápido, meus peitos balaçavam igual uma cadela, e o Joel com o meu cabelo enrolado nas mãos dele me forçava a engolir com tudo
Os dois estavam trocando carícias um para o outro enquanto eu tava sendo fudida, achei até mesmo que os dois iriam começar a se fuder

Eu só ouvia os dois dizendo:

-Quer mesmo chupar minha rola?

-Claro que sim irmão sempre sonhei em engolir esse seu caralho grosso desde novinha, eu sempre quis receber leitinho seu, e não era da mamadeira

Sentei aberta pro Luan e então comecei a rebolar minha buceta apertada no pal dele, enquanto isso o Joel metia na boca do meu namorado

-Que delícia ver os dois irmãos tão unidos, desse jeito

-Que bom a gente tá assim nos três fudendo juntos

-Nunca vai acontecer mais isso nas nossas vidas, e bom a gente aproveitar o maximo

-Isso bem assim seu safado, chupa meu pau assim, bem gostoso!

————————

Luan Narrando

O pau do meu irmão na minha garganta e o calor que aquela buceta fazia na minha piroca tava me fazendo querer gozar rápido na Joana , mesmo assim eu n podia parar eu só queria continuar a mamar, e fazer aquele dia pra Joana um dia especial antes de viajar. Ela rebolava muito e eu ficava alucinado, tirei o pal do meu irmão da boca e comecei a beijar ela

Joel então mandou ela ficar encima de mim, então comecei a enfiar no cuzinho dela, enquanto meu irmão enfiava na buceta, acho que era a primeira DP (dupla penetração) que meu bb teve comigo

O cheiro de sexo já estava em todo o quarto de hóspedes de Cleiton , espero que ele n esteja lendo essa História pq se ele ficar sabendo nunca mais vai nos convidar

Beijava a Joana virando seu rosto ao meu

-VOU GOZAR

-SEGURA ESSA PORRA QUERO QUE OS DOIS GOZEM JUNTO NA MINHA BUCETA

-VIRA DE FRENTE PRA MIM AMOR VOU GOZAR TBM

Então nós dois enfiamos nossas duas rolas, não tão fundo, porque ela era muito apertada mas deu pra senti a cabecinha do meu irmão gozando lá dentro com tudo, era muito esperma saindo, achei que dias depois ela estaria grávida de mim e dele
Então comecei a lamber aquele esperma, e a cuspir na boca do Joel, e o Joel com aquele líquido tbm cuspiu na boca da Joana em ciclos repetitivos

Foi muito bom aquele dia na casa de Cleiton , passamos a noite deitado juntos, até começar a amanhecer
Fomos embora mas cada um olhando desconfiado

Confiamos que tudo aquilo que aconteceu não poderia ser compartilhado pra ninguém, somente uma lembrança entre nós 3

*
Fervor, amassiar, ménage, rola grossa, pernas tremendo, pernas bambas, socar, lambuzado, mãos em sua nuca, homem gemendo, rebolar nos dois paus, cansada e gozada começou a mamar, veias no caralho, controlar a velocidade, punhetar, chupar com sede, escorrer, investidas, infiel, blusa, sutiã, apalpar, pélvis, afastar as pernas, jatos de esperma, me apertava contra o corpo, 69 lamber o cu e buceta, assistir um porno, roçar os lábios, derreter, mordiscar, pernas abertas, chupa meu pau novamente, gatinho querendo leite, sentar, castigar, atolar, pulsando
*



Leia Contos eroticos relacionados

10 comentários para “Orgia total: Comi a cunhada safada com gosto

  1. Ro • 12 de novembro de 2019

    Adorei rsrsr

  2. andre • 16 de novembro de 2019

    muito interessante seus conteúdos gostei muito deles. Parabéns 🙂

  3. anonymous • 27 de dezembro de 2019

    caralho q tesão da porra esse conto mano putaria gostosa hein slk assim q é bom

  4. Fernanda • 31 de dezembro de 2019

    Quem quiser me comer só ligar aceito tudo xxxxxxx

  5. Luiz • 5 de janeiro de 2020

    Eu quero

  6. Drico • 17 de fevereiro de 2020

    Oi Fernanda , me chama nesse número XXX

  7. jorge • 22 de março de 2020

    só de imaginar a cena o gozo veio! se quiserem compartilhar historias assim comigo o zap é xxx

  8. Andre • 23 de março de 2020

    Oi Fernanda me chama no zap xxxx

  9. Pauzudo42 • 3 de abril de 2020

    Me chama… Fernanda me passa seu zap

  10. José • 11 de maio de 2020

    Quero comer uma mulher casada,bem gostoso, se vc amigo corno tem está fantasia de ver uma amigo, pegando a sua esposa e lhe transformando em uma corninho manso. xxxx quero chupa a bucetinha dela para vc ver como ela goza gostoso.

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2020 - Contos Eróticos: Histórias Reais de Sexo, Contos Pornô

porno - contos eroticos - quadrinhos eroticos - xvideo - Filmes Porno - Porno Brasileiro - Xvideos - xvídeos

error: