Desbravando o mundo liberal (parte 1)

  • 29 de outubro de 2020
  • 2946 views
8 votes

Como tudo começou…

Eu e meu esposo sempre fomos muito safados, ousados e quentes.

Ele já havia experimentado e gostado (claro) do mundo liberal. Eu sempre fui a “politicamente correta” que pensava no casamento, casa, filhos e dar somente para o marido.

Fantasias do casal

Ele sempre aguçou minha imaginação enviando vídeos de orgia, swing, ménage e todas as variantes do sexo, perguntava se eu tinha vontade de transar com uma mulher ou com outro homem e eu sempre fui categórica em falar que não e que talvez eu só queria que alguém nos visse transado.

Ele seguiu me dando vibradores, me comendo com a ajuda deles, e falando o que uma pessoa “politicamente correta” nunca ouviria numa relação comercial de margarina, do tipo: pensa que você está transando com dois homens, um com pau no cu, um com pau na buceta, ele segue a transa me chamando de gostosa, cachorra, minha piranha e minha putinha (confesso a vocês que eu fico extremamente excitada quando ele fala assim) mas até aqui, nunca envolvemos uma terceira pessoa no nosso caso.

Ele sempre foi piranhudo e eu tinha certeza que ele mantinha esse desejo de por mais apimentar no nosso relacionamento e por vezes eu achei que não era a única que ele comia pq ele é do tipo insaciável.

Já transamos na rua, no carro, na avenida brasil, em estacionamento, na praia – onde inclusive eu perdi um dos meus vibradores – o preferido que encaixava perfeitamente no meu cu.

Em todas as nossas transas rolava o mesmo assunto e as induções aos pensamentos de ter mais alguém por ali mas até aqui, nunca aconteceu. Começamos a falar sobre ir ao swing pra conhecer e isso ficou armazenado por um tempo na mente dele e na minha também.

Um dia, eu estava despretensiosamente navegando e conversando sobre putaria com uma amiga do trabalho e ela me mostrou uma página em uma rede social, quando vasculhei a página tinha um anúncio (isso mesmo, um anúncio) do meu querido esposo falando sobre seus atributos e que queria conhecer casais e pedindo para estreitar as relações.

Printei a tela e mandei pra ele com a legenda “tá, né!”, ele viu, deve ter morrido umas vinte vezes antes de me responder: “cara, prefiro não falar sobre isso”, que estava morrendo de vergonha e etc…um pouco depois ele me mandou mensagem falando um pouco mais sobre o assunto, sobre as suas neuras e o sobre o que o levou a fazer isso. Conversamos e eu decidi abri a guarda pra ver qual era desse mundo liberal, entendo que o politicamente correto pras uns, não é o politicamente correto pra outros, mas eu tenho que fazer o que me faz feliz e ao que faz feliz ao meu par. Ele já tinha me sondado várias vezes pra irmos ao swing, não o julguei e aceitei, ele colocou nosso nome na lista e lá fomos nós pra nossa Primeira noite no mundo liberal.

Continua….



1 comentário para “Desbravando o mundo liberal (parte 1)

  1. F. • 3 de novembro de 2020

    Quero ler os contos dos casais

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2020 - Contos Eróticos: Histórias Reais de Sexo, Contos Pornô

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos - Filmes Porno - Porno Brasileiro

error: