Contos Eróticos - Top 10 Contos Eroticos - conto erotico (2022) » Fetiches » Minha primeira vez como uma gostosa submissa

Minha primeira vez como uma gostosa submissa

  • 7 de abril de 2020
  • 9448 views
3 votes

O combinado era que se ficasse insuportável, diga a palavra “para”.  Eu estava entrando em um novo mundo do sexo, confiava nele, acredito que se percebesse que estava me machucando, ele pararia. A preocupação seria que com a adrenalina, ele não me ouvisse.

Eu tirava minha roupa enquanto ele arrumava as cordas. Amarrou em cada lado da cama, me deitei e ele tomou os meus braços e me amarrou, não tinha muita folga e o movimento ficava bem limitado, ele fez a mesma coisa no outro, só que deixou um pouco folgado permitindo que eu me virasse de bruços. Essa posição já me causava excitação. Meus seios totalmente disponíveis, ele aproveitou e mexeu neles.

Sem perder o foco, foi para minhas pernas, do jeito que amarrou fazia com que eu conseguisse dobrá-las e mexesse minha cintura.

Novo mundo do sexo: minha primeira vez como submissa

Então ele falou a frase “você tá toda amarrada, não sabe o que eu vou fazer contigo, você vai chorar, vai apanhar e vai gozar”. Fiquei com medo e quase desistindo da ideia.

Começou me acariciar, passou a mão no meu peito e foi descendo para minha sucata, deu um beijo molhado nela. Eu mexi a cintura e ele me bateu na perna dizendo “Não mexa”. Me assustei com o grito mas voltei a ficar imóvel.

Ele enfiou seu dedo na minha buceta bem forte e tirou, me chamando a atenção dizendo para ficar quieta. Ele se encaixou nas minhas coxas e começou a me chupar, ele foi mais vigorosa no movimento da língua. Até que soltei um gemido, ele parou, se posicionou na minha frente, me encarando, colocou seu pau na  minha boca e gritou “O que eu disse para ficar quieta, calada? Me chupa, eu tô mandando.”

Ele parou e se ajoelhou na cama e começou a me olhar inteira, dá um ar safado que estava gostando do que via. Desfrutava daquela minha posição e de joelho voltou-se para mim e pediu “Abre a boca”. Ele enfiou novamente seu pau na minha boca fazendo um movimento de vai e vem, como se minha boca fosse minha buceta. As vezes chegava a me sufocar, mas essa subordinação me dava ainda mais tesão. Estava gostoso chupá-lo, ótimo ouvir seus gemidos, mas o peso do seu corpo sobre meu peito me deixava sem ar.

Ele saiu de cima de mim e soltou um ‘boa garota’.

Então saiu da cama e pegou um consolo. Lubrificou, se ajoelhou entre minhas pernas e as levantou, posicionou na minha buceta e enfiou devagarinho, só respirei fundo. Ele foi fazendo vai e vem. Deixando o consolo lá dentro ele parou para lubrificar seu pau e retirou o consolo e enfiou seu pau na minha buceta. Eu não gemi e nem gritei, apenas meu corpo tremeu já desmontando por ter gozado.

Ele seguia firmando um vai e vem, supliquei para me deixar gritar porque não estava aguentando de tanto prazer.

Ele me olhou e pegou uma mordaça, colocou em minha boca. O pano abafava o meu grito, não conseguia falar nada e me veio o desespero de início porque pensei no código inicial, ele não iria ouvir caso eu desistisse.

Bruscamente me virou de bruços, levantou meu quadril me deixando de quatro, aproveitou a minha posição e vendou os meus olhos. Agora só tinha meus ouvidos e meu tato para sentir o que ele ia fazer.

Gozando toda amarrada

Não dava para esperar muita coisa, estava totalmente rendida e subitamente senti um estalo na minha bunda, era uma palmada, de início não foi muito dolorido. E ele bateu no outro lado da bunda e foi revezando o lado, e eu sentia que ficava cada vez mais forte. Até que não aguentei e comecei a chorar, era a única coisa que eu conseguia fazer naquele momento. Começou a doer. Não sei se ele percebeu, mas parou de bater, senti um alívio e no mesmo momento senti a sua língua na minha bucetinha.

Ele começou a me chupar loucamente e voltei a sentir prazer. Já estava bem molhada quando ele socou seu pau em mim, ele foi enfiando e tirando bem forte e eu só ouvindo nossas peles se batendo. Agora estava tão bom, que logo gozei gostoso naquela piroca.

Estava delicioso, ele continuou num vai e vem frenético até eu sentir seu pau pulsando dentro de mim, senti todo seu gozo entrando na minha buceta e ouvi um gemido vindo dele. Ficou ainda um pouco dentro de mim e desamarrou minhas mãos, tirei a venda, me virei ainda sentindo o dolorido da minha bunda e o vi deitado, já descansando ao meu lado com a respiração ainda ofegante.

Levantei, dizendo “que era a sua vez de ser submisso”….



Contos relacionados

1 comentário para “Minha primeira vez como uma gostosa submissa

  1. Silva • 27 de julho de 2020

    Estou viajando e vou passar 20 dias longe da minha mulher, quando voltar para casa quero uma brincadeira dessa .
    Mais a cereja do bolo será o rabinho dela.

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis. Quem tem prazer em ler contos eróticos de qualidade, certamente está no site pornô correto. Os melhores contos de sexo do Brasil. Existem diversas estórias de ficção, porém é possível ver muito conto erotico real. Temas sobre traição, corno, vizinha, primos, primas, incesto em geral. Todos os contos tem conteúdo apropriado para leitura. Sabemos que o tipo de usuário que possuímos é bem exigente por isso fazer a leitura dos contos eroticos levará a ter um prazer imenso, seja para bater aquela punheta ou siririca.
© 2011 - 2022 - Contos Eróticos – Top 10 Contos Eroticos – conto erotico (2022)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos -Filmes Porno - Xvideos HD