Paixão por anal

  • 23 de abril de 2020
  • 3393 views
2 votes

Oi! Atualmente tenho 55 anos, mas o conto que quero relatar hoje se passou quando eu tinha 20 anos, e eu namorava uma moça que aqui vou chamar pelo nome fictício de Elza.

Elza era uma morena alta, com corpo bonito, belos seios médios e uma maravilhosa bunda, desta de chamar atenção, naquela época isto a mais de 30 anos atras, não era comum usar métodos para não engravidar como camisinha e anti concepcionais, então a gente namorava mais na base dos sarros, o que eu e a Elza amávamos, então era comum ficarmos ate altas horas da madrugada na varanda da casa ou no portão, em altos sarros, onde ela chupava meu pau por muito tempo, eu chupava seus peitos e quando dava ate sua buceta, sem enjoar por horas e horas, e as vezes era comum, eu encostar o pau na sua maravilhosa bunda, por baixo de um palito de jeans que eu tinha, e agente ficava ali por horas sarrando com o pau com a cabecinha bem na entradinha do cuzinho, mas sem penetrar.

Paixão por anal

Ate que um dia, estava meio frio e a gente estava num tesão como nunca, com muitos beijos no pescoço, na boca na nuca e as mãos passeando pelo corpo, foi quando eu senti a mão da Elza pegar meu pau que já estava mais do que duro e colocar na portinha do seu cuzinho e dar uma leve forçadinha pra que a pontinha se encaixasse um pouco mais.

Na hora me deu um tesão enorme mas me contive e esperei , ate que ela mesma depois de encaminhar começou a forçar seu cuzinho contra meu pau, e apesar de estar morrendo de tesão ainda não fiz nada, mas quando eu percebi que ela forçava devagarzinho comecei também a empurrar, aumentei a quantidade de beijos na boca, e quanto mais a agente se beijava mais eu empurrava devagarzinho e ela também, ate que meu pau entrou todo em seu cuzinho e a a gente parou um pouco com ele bem no fundo e ficou só se beijando, ate começar um delicioso vai e vem.

Senti que seu tesão também era grande, então bombei por alguns minutos e depois jorrei jatos de porra bem no fundo do seu cu, enquanto trocávamos deliciosos beijos na boca, e meu orgasmo foi tao maravilhoso, que a parte deste dia eu descobri que minha tara no sexo era comer cu e beijar na boca, e acho que ela também descobriu, pois a partir de te dias quase todos os dias que quando eu ia la, ela sempre me dava o cu desta mesma maneira, ficamos viciados.

Viciado em sexo anal

Criamos uma especie de paixão anal tão grande que sexo vaginal não nos fazia falta.

E em um final de ano entre natal e ano novo acho que agente ate exagerou, fiquei estes dias na casa dela dormindo la e tudo mais, era clima de festa, família meio grande toda hora tinha alguém de fora, naquela época , namorados não dormiam juntos, mas alem da gente ficar namorando ate tarde, e eu meter no cuzinho dela por baixo deste palito jeans, costumava no pela madrugada quando todos iam dormir, ela saia do quarto dela e ia no quarto levar o cuzinho para mim comer, era maravilhoso.

Durante o dia, no fundo do quintal da casa dela tinha um quartinho de bagunça, então volta e meia no meio da movimentação das pessoas a gente inventava que ia sair, mas a gente fugia escondido para este quartinho, onde agente se beijava, se chupava muito e quase sempre eu terminava Comendo o cuzinho de la, então foi uma época que entre natal e ano novo praticamente numa media de 5 em 5 horas, durante uns 8 dias eu fiquei comendo o cuzinho dela, agente já estava mais que viciados ate que um dia por algum motivo de força maior a gente se separou.

Ela ficou triste e eu meio que também por estar acabando aquela nossa paixão anal, e depois disto fiquei viciado, e de certa forma exper em Sexo Anal, quem muito pratica algo acaba ficando bom naquilo que faz, e dar prazer no sexo anal ficou sendo uma especie de estigma dos meus relacionamentos.

Espero que tenham gostado, depois escrevo outros contos. Obrigado!



Leia Contos eroticos relacionados

8 comentários para “Paixão por anal

  1. Juca • 14 de junho de 2020

    Também adoro um cu. Gosto de mulher completa na cama, todas as que fodi termino no seu cu. Dei sorte na vida, minhas duas casadas, eu as viciei em tomar no cu. A primeira, brincava no rego de sua bunda, como noivo era dedo no cu preparando-o para uma futura penetração e ocorreu quando a levei pra conhecer um motel. Ela era cabaço duplo virgem no cu e na buceta. Chegando me espantei ao vê-la nua, estava sem sutiã e de fio dental que só tampava a cabeça do grelo. Buceta cheirosa e depilada, o que não era comum, pois só as putas se depilavam. Disse-lhe, gata você está demais! Respondeu hoje sou sua puta da zona, aquela gordinha que você fode, pensando em mim, e de hoje em diante, você terá buceta para fuder a hora que quiser. Ao descer a sunga exibi-lhe, a pica e ao vê-la , disse:” Que baita “, disse nunca ter visto uma pica antes, exceto de seu patrão, que na ausência da patroa mijava de porta aberta quando eu limpava o banheiro. Era uma piquinha branca que não chegava a 10cm. Pedi um boquete, minha noiva quis saber o que era, orientada sobre, boqueteou até a metade, antes de qualquer comentário arreganhou dua pernas e fui de boca em sua buceta, ela subiu ás paredes e gozou gostoso na minha boca. Comecei a tentativa de penetração. Seu himem era complacente, mais duro do que sola, empurrei 11 cm e ele esticou e não cedeu, pulei pra sua bunda cujo cu já conhecia minha vara e ali chorei meu leite.

  2. Celina • 20 de junho de 2020

    Delícia,adoro dar meu cuzinho!

    • José • 14 de julho de 2020

      Amo também comer um cuzinho minha mulher não mim dar difícil mente de 3 a4 vezes no ano tenho que implorar é sei fazer muito bem

    • silvio • 12 de novembro de 2020

      se estiver afim, gosto muito de comer um cuzinho. entre em contato

  3. Regina • 26 de junho de 2020

    tenho 50 anos…gordinha….adoro dar meu rabo se estiver por perto….podemos

    • Geraldo • 9 de julho de 2020

      Ola, se quiser dar eu cuzinho gostoso para mim, me envie um e-mail, adoro coroa e gordinhas, te levaria a loucura comendo seu cuzinho, xxx

    • Nil • 9 de julho de 2020

      Eu quero esse cuzinho me dê

    • Carlos • 11 de setembro de 2020

      Vamos combinar algo

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2020 - Contos Eróticos: Histórias Reais de Sexo, Contos Pornô

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos - Filmes Porno - Porno Brasileiro

error: