Boquete perfeito para o namorado

  • 21 de abril de 2020
  • 2947 views
3 votes

Meu gato é tímido e gosto de faze-lo descobrir o corpo, se entregar por inteiro com nossos corpos.

Certo fim de semana bem tranquilo, ele estava relaxado na minha casa, sem tensão nem repressão eu dei umas tacinhas de vinho a mais para ele, por que ele fica mais soltinho e safado. Tínhamos transado várias vezes, e ele estava cansadinho.

Eu adoro deixá-lo vulnerável…Deitado em Minha cama, totalmente nu, com o corpo magro e bem feito que ele tem, acariciava os pelos pretos e macios, a pele clara bem quente, todo fácil.

Eu estava deitada ao lado dele quando decidi fazer meu boy feliz. Segurei o pau em minha mão, bem manso e leve, só acariciando. Não tinha reação alguma. Deitei em seus pés e minha boca foi subindo sem pressa, beijando as coxas, deslisando as mãos na virilha, até aquela carne sem vida.

Chupando bem gostoso o pau do namorado

O pau inteiro em minha boca molhada de saliva.Eu sentia crescendo e crescendo dentro de meus lábios e minha língua, enquanto ele soltava um gemido e tremia as pernas. Eu mamava aquela pica com um cuidado, lento e demorado.

No início eu chupei sem força, mas com firmeza. E o pau ia entumecendo, ele gemia e mordia a boca. Como ele é gentil, tentava disfarçar o desejo, até que falou ‘amor, que delicia!” e acariciava meu cabelo, para manter minha boca naquele pau que só endurecia e saltava veias dentro a minha boca faminta.

Eu intercalava com as mãos, tocando uma punhetinha perfeita, e logo engolia o pau, até o fim, fundo na garganta. Sentia que ele estava perto de gozar, diminuía o ritmo para que ele segurasse um pouco e chegasse ao máximo prazer.

Boquete inesquecível

Então, aquele pau molhado e saliente saiu de controle. Meu boy estava suado e com muita vontade de gozar, eu provoquei e disse “goza na minha boca”. Os olhos negros do gatinho brilharam e ele soltou o gozo, num a explosão nunca sentida na vida dele antes. Percebi a sensibilidade extrema do pau e diminuí o ritmo, mas sem desperdiçar uma gotinha sequer daquele néctar que ele ejaculava sem parar.

Engoli todo aquele sabor delicioso e fui tirando minha boca daquela pica. O corpo inteiro do meu homem estava fremendo e ele estava perdido, sem saber onde tocar, como reagir. Ele me abraçou e disse que me amava e que nada na vida sexual dele havia superado aquela chupada.

Criei um monstrinho que adora ser mamado: no chuveiro, me chama para chupar toda vez.

Eu adoro pegar ele desprevenido e abrir o zíper, tirar só o pau para fora e chupar muito, até ele gozar. Sempre capricho, molho bem a pica dele, peço para gozar na minha mão, na boca, tudo para deixá-lo mal acostumado e querer sempre minha boquinha.



Leia Contos eroticos relacionados

6 comentários para “Boquete perfeito para o namorado

  1. Neide • 21 de abril de 2020

    Que delícia fiquei com água na boca adoro

    • André • 23 de abril de 2020

      Eu deixo vc me chupar hora que quiser só chamar xxx

  2. David • 21 de abril de 2020

    Queria tu pra mim.

  3. Victor • 21 de abril de 2020

    Nossa q delícia de conto

  4. D. • 22 de abril de 2020

    Se quiser tomar do meu leite, e só vc me chamar.

  5. André • 23 de abril de 2020

    Eu deixo vc me chupar hora que quiser só chamar xxx

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2020 - Contos Eróticos: Histórias Reais de Sexo, Contos Pornô

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos - Filmes Porno - Porno Brasileiro

error: