Comi minha enteada safada parte 1

  • 31 de maio de 2021
  • 3722 views
2 votes

O que vou contar aconteceu recentemente, após dez anos de casado. minha esposa e branquinha seios médios, bundão arrebitado e uma buceta carnuda deliciosa. Sempre tivemos um relacionamento pleno, faço fisting nela e ela inversão em mim, ou seja somos bem cabeça aberta.

Quando nos conhecemos eu estava no fim de um casamento de 14 anos e ela terminado seu segundo casamento, dos quais teve duas filhas uma de cada casamento.

O que aconteceu foi com a mais velha que hoje tem 25 anos. Uma mulher de 1,89 de altura, seios grandes bem fartos, magra, morena, linda. E aos 18 começou a namorar, foi quando por comer besteiras demais com seu namorado acabou engordando. E assim foi até um ano atrás quando conseguiu comprar uma casa junto do namorado e indo morar na cidade vizinha.

A cerca de dois meses atrás ela nós convida para ir em sua casa. Fui pensando, deve estar mais gorda que antes. Para minha surpresa ela está incrível, emagreceu, está com pernas grossas torneadas, os seios mais lindos, e a bunda, que espetáculo. Não conseguia tirar os olhos dela, e lógico, ela notou e passava de short curto rindo.

Nós dois nunca tivemos muita intimidade. Acabei ficando sem graça e ficava conversando com seu agora marido, mas o infeliz só fala de vídeo game.

Minha enteada safada me enche de tesão

Era sexta feira ainda e eu louco de ver minha enteada quase pelada desfilando de um lado para outro, até que a noite caiu e foi quando quase enlouqueci ao ver ela de camisola com uma calcinha minúscula indo a cozinha. Descontei o tesão todo na minha esposa, esfolei seu cuzinho, gozei pensando em sua filha.

No sábado ela, a enteada mais nova foi logo indo pra piscina e puxou sua irmã, que pós um micro biquíni, coisa de louco. Seu marido foi jogar vídeo game e minha esposa deitou na rede e dormiu. Minha enteada então me convida para ir pra piscina nadar tbm e apesar de não saber nadar pus um short e fui. Ficamos conversando sobre o que eles haviam conquistado que estavam de parabéns, ela agradeceu e falou que só faltava o marido estar ali com ela. O que estava fazendo ela pensar que estava feia.

Eu logo disse que nesses dez anos nunca tinha visto ela tão linda, que estava perfeita, ela sorriu e retrucou dizendo que eu estava sendo só gentil. Voltei a reafirmar o que tinha falado e ela pra minha surpresa diz que eu tinha deixado ela toda melada. Não imaginava que escutaria isso dela, e foi então que ela chega bem perto de mim pega minha mão e enfia em seu biquíni, e sussurra no meu ouvido pedindo que enfiasse o dedo na sua buceta pra sentir como ela tava molhada.

Quase gozei de tanto tesão, ela não só molhou meu dedo, encharcou minha mão, incrível, ela fica molhada igual a mãe. Ela então agarra meu pinto, e diz ter inveja da sua mãe, ela sabia que nossa vida sexual e muito ativa. Então sai da piscina e entra na casa. Mais tarde fizemos um churrasco e bebemos bastante, minha esposa foi pro quarto e dormiu quase que de imediato, voltei bebemos mais um pouco e o marido da enteada dormiu logo em seguida. A outra enteada não demora muito e deita também.

Ficamos só eu a enteada mais velha, ela então senta de frente pra mim e me pergunta como era o sexo entre eu e sua mãe, mas pede detalhes. Eu sem pestanejar contei tudo que fazíamos, a inversão de papéis, o fisting, etc. Ela não piscava, colocou a mão boca e disse que nem em sonho imaginava que fosse daquele jeito, eu fiquei meio com vergonha, achei que ela iria repudiar, mas para minha surpresa ela abre as pernas, afasta o shortinho e a calcinha me mostrando a buceta, tão grande quanto a da mãe dela, babando, pingando de tão molhada com meu relato e pede quase suplicando” me come como come minha mãe”.

Me ajoelhei entre suas pernas e chupei aquela buceta carnuda, fui enfiando um depois dois, três dedos socando com força e ela pedindo pra para, doi um pouco, eu olhei pra ela e disse que era assim que comia a mãe dela, levantei e disse que se ela não aguentava não pedia, ela me segurou e concordou, eu continuei chupando e enviando os dedos cada vez mais fundo e com mais força, até colocar o quarto dedo, fui abrindo a buceta dela até ela gozar e encharcar minha mão, pus seus seios pra fora e lambuzei com seu gozo e fiquei chupando por um tempo até por ela costa com as mãos na mesa e começar a chupar seu cu e enfiar os dedos.

Ela estava sentindo um misto de dor e tesão, via que ela está ficando louca com isso, sua pele seu corpo todo tremia, foi aí que sentei ela na mesa pus meu pinto pra fora e enfiei de uma estocada só, foi fácil ela já estava toda aberta.

Fodi ela com muita força até que ela avisou que ia gozar de novo, eu não resisti mais e quando fui gostar tirei da sua buceta puxei ela pro chão e gozei no seu rosto e boca. Fui dormir parecendo que tava até flutuando, pernas bambas.

No domingo sempre que ficávamos sozinhos mesmo que por pouco tempo, a gente se alisava e beijava. A partir dessa semana ela como está trabalhando home office, sempre me liga pedindo que vá lá pra concertar alguma coisa. Ela já faz muito beijo grego e inversão, compramos uma cinta deliciosa e vários vibradores, mas isso fica para o próximo.



Contos relacionados

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2021 - Contos Eróticos – Top 10 Contos Eroticos – conto erotico (2020)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos - Filmes Porno - Porno Brasileiro

error: