Ela quis experimentar uma DP

  • 26 de junho de 2021
  • 1821 views
0 votes

Sobre ela, é uma loira natural de estatura mediana, pernas grossas, olhos e pele clara, cabelo comprido e uma bundinha que é uma delícia.

Pois bem, quero que saibam que essa história é totalmente real e ocorreu comigo.

Tivemos um relacionamento e sempre morri de tesão nessa mulher e isso até os dias atuais.

Não tivemos problemas na cama, muito pelo contrário aprendemos a nos conhecer muito bem, mas muito bem mesmo. Ela uma mulher que adora sexo, indiscutivelmente e qualquer provocação ela se excita imediatamente.

Como sempre tive tesão em nossas noite, certa vez eu comentei com um amigo como era uma noite de sexo com a loira e ele me disse algo do tipo: “- Puta que pariu cara, como vc não gozou rápido com essa mulher, pois eu não aguentaria metade do que vc me disse que ela fez…”

A loira sempre teve uma buceta linda, fechadinha, rosa, peitos rodas e um tesão que não cabe nela, então passei a contar que a loira sempre ficava com a buceta tão melada que sempre chegava a calcinha, exatamente as calcinhas molhavam juntinho.

Experimentando um DP

O ponto é, eu passei a imaginar como seria se um cara, que merecesse, pudesse ver ou sentir todo o tesão que ela me proporciona, desde o boquete até o sexo anal, isso mesmo ela adora e foi uma coisa que descobrimos ao longo do tempo.

Por diversas vezes fantasiei um ménage ou um exibicionismo com aquela loira que adora sentir a buceta cheia de leite e ardida no dia seguinte, só assim ela define a noite como boa, ou seja ela não é para qualquer pau ou foda de 20 minutinhos.

Cheguei a comprar um vibrador, mas ela não foi muito com a cara dele, (risos).

Então comecei a compartilhar a ideia de filmar momentos do nosso sexo, que diga de passagem é um show à Parte, de início ela ficava preocupada mas percebeu que podia confiar em mim pois nunca mostrei o rosto dela ou partes que poderiam identificá-la caso fosse compartilhado. Para poder mostrar um pouco daquele tesão de mulher passei a entrar anonimamente em grupos de Telegram, e mostrar aquela buceta rosa e brilhando de tão babada.

Continuei ao longo dos tempo tentando um ménage ou voyeur, mas sempre sem sucesso, mas o meu maior fetiche era ver ela dando para outro cara, como eu disse que merecesse essa mulher por uma noite, até que fui surpreendido este ano com com pedido que me deixou eufórico.

Numa sexta-feira ela me pediu para ir num sexyshop, me pediu para que eu comprasse um “brinquedinho”, a princípio tratei como um pedido comum, imaginei que me pediria algum gel, bolinha para colocar na vagina ou alguma coisa desse tipo… Mas nãããooo ela me pediu que comprasse um consolo (que não fosse exagerado, o mais natural possível), eu me surpreendi com o pedido que, de verdade jamais imaginei que aconteceria espontaneamente, pois na minha cabeça havia um ponta de esperança (bem, na cabeça de qualquer homem, né).

Então acordei cedo para resolver algumas coisa no sábado pela manhã e fui correndo para o sexyshop mais próximo, não perderia essa oportunidade, comprei o que ela havia pedido e fiquei na expectativa o dia todo.

Aquela noite eu iria ver essa mulher sentir algo que fosse parecido demais com outro pau, eu sempre tivesse a certeza que ela iria adorar isso mesmo ela sempre negando, não deu outra. Eu estava certo, comprei um consolo veiudo, pois sei que ela adora.

Então para a minha felicidade e surpresa antes de iniciarmos o sexo, ela me pediu para ver o brinquedinho dela, pois nunca havia pego um na mão e foi visível a curiosidade de brincar com ele, a vontade foi tanta que ela decidiu começar com o brinquedo e depois comigo.

Me pediu para esfregar o consolo no grelo dela, e a buceta que já estava babada demais, babou ainda mais e eu só olhando a cara dela de desejo.

Na minha cabeça ela iria dividir a minha fantasia e imaginar outra rola, como se aquele brinquedo fosse de verdade. Então pedi que ela ficasse de joelhos para mim, quase num 69 só que paralela ao meu corpo onde meu braço pudesse alcançar a buceta, então deixei ela fazer uma das coisas que faz de maravilhoso com um pau bem duro e cabeçudo, deixei ela me chupar e, na cabeça dela já imagina o que eu estava preparando para aquela buceta, sim eu ia colocar o brinquedinho dela bem devagar naquela buceta, detalhe nem precisei usar lubrificante pois dava para ver por fora o estado que estava…

Então o fiz, coloquei a cabeça na posição certa como se tivesse alguém por detrás dela e devagarinho, bem devagarinho, escorreguei aos poucos o consolo na buceta e, como ela estava com o meu pau na boca eu sentia a vibração do gemido dela na minha piroca e não tinha como negar que ela queria muito aquilo e o quanto estava cheia de tesão experimentando duas pirocas ao mesmo tempo.

Ela poderia até ter a cara-de-pau de negar, mas ainda bem que não fez pois era indiscutível o nível de tesão que ela estava.

Eu nem preciso falar como eu estava eufórico, imaginem… Eu morro de tesão nessa mulher e naquele momento eu estava quase que realizando uma fantasia minha e ela tinha que simplesmente aceitar que eu estava certo sobre o tesão que ela sentiria com dois paus.

Parece exagero o que vou escrever aqui, mas acreditem não é, depois desta noite eu tive que trocar a roupa de cama, a loira conseguiu molhar toda a minha roupa de cama e se eu contasse para alguém o estado que essa mulher e a cama ficaram, não acreditariam em mim, jamais.

Foi a noite que consegui duas coisas, provar para a loira que ela ia adorar isso e que precisamos fazer isso um dia de verdade, pois ela não fez a bagunça que fez na minha cama por acaso, não mesmo.



Contos relacionados

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2021 - Contos Eróticos – Top 10 Contos Eroticos – conto erotico (2020)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos - Filmes Porno - Porno Brasileiro

error: