Fudendo na quarentena

  • 15 de fevereiro de 2021
  • 1810 views
2 votes

Era o trigésimo dia de quarentena, estava completamente sozinha em casa, falava besteiras e mandava nudes para alguns caras que já fiquei, mas com ele era diferente, era sempre mais quente. Eu não queria furar a quarentena, estava fazendo tudo bonitinho até que ele me liga e dizer que estava em frente ao seu prédio louco para me comer, pediu para eu deixar ele subir. Fiquei na dúvida, mas na só de ouvir a voz dele minha calcinha já ficou molhada. Então deixei.

Com muito tesão fudendo na quarentena

Ele subiu, pedi para que tirasse a roupa já na porta, por causa no  vírus, e assim que ele tirou reparei que no lugar da barriga tanquinho estava nascendo uma pancinha, o que eu particularmente prefiro e isso me deixou mais louca ainda. Então ele ficou de cueca, chegou perto de mim e antes de me beijar eu disse: Não deu tempo de arrumar a casa, desculpa a bagunça.

Ele então, só de cueca, com aquela cara de safado que ele tem, me puxou pelo shorts curto que eu tava e disse: Não vim ver sua casa, vim ver isso daqui e passou a mão na minha buceta, ainda por cima do shorts, fomos para o quarto, ele me jogou na cama e tirou minha blusa, não estava com sutiã, ele começou a chupar meu peito e morder o biquinho olhando pra mim, ele sabe que eu gosto.

Então tirou meu shorts e minha calcinha tudo junto, beijou minha boca, meu pescoço, passou a língua entre os meus peitos, foi descendo a língua passou pelo meu umbigo e depois foi para minha virilha. Começou a brincar com os dedos da minha buceta que já estava encharcada, ele tirava os dedos dela e lambia e depois dava para eu lamber, adoro sentir o gosto da minha buceta.

Começou a me chupar bem gostoso e eu já louca de prazer pedi para ele me comer, disse que eu queria aquele pau gostoso dentro de mim. Ele então parou de me chupar e começou a passar a cabecinha do pau dele por todo na minha buceta e pelo meu cuzinho. Eu já estava desesperada de prazer, implorando para ele colocar logo aquele pau todinho dentro de mim. Ele estava gostando de me ver implorar, de me ver apertando o travesseiro de tanto prazer, de puxar o cabelo dele ou apertar seu braço… então ele me virou de quatro, mordeu minha bunda, brincou com a língua no meu cú, enquanto eu rebolava na cara dele e implorava para que ele me fudesse bem gostoso… Deu um tapa bem forte na minha bunda e finalmente colocou aquele pau dentro da minha buceta que estava Muito molhada.

Começou devagar, depois foi acelerando, ele puxou meu cabelo, me deu vários tapas, eu gemia alto enquanto ele falava: não era pau que você queria? Não era disso que você tava com saudades? Então toma, minha rola todinha na sua bucetinha….Enquanto ele colocava o dedo no meu cuzinho, que estava piscando de prazer…. Depois de um tempo eu gozei no pau dele bem gostoso e pedi para ele gozar na minha boca. Ele me deitou de novo, subiu em cima de mim, bateu punheta enquanto eu lambia a cabecinha o pau dele até que ele disse: é leitinho que você quer sua cachorra, então toma…. e senti aquela porra quentinha dentro da minha boca, o chupei por mais um segundo.

Deitamos na cama suados e ficamos até tudo começar de novo.



Contos relacionados

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2021 - Contos Eróticos – Top 10 Contos Eroticos – conto erotico (2020)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos - Filmes Porno - Porno Brasileiro

error: