Nerd virgem aprendendo tudo com a prima

  • 30 de julho de 2019
  • 16.023 views views
5 votes

É isso mesmo, eu era um nerd virgem que não sabia nada sobre sexo, até que minha prima entrou na história e me transformou num safado. Eu lembro bem como foi, porque foi bem marcante.

Hoje tenho 25 anos, mas a primeira Transa a gente não esquece, ainda mais sendo boa. Eu sempre escutei a galera falando de como a primeira vez foi ruim e tal, mas minha priminha safada me ensinou a ser homem.

Nerd virgem em uma primeira experiência perfeita!

Tudo aconteceu a 7 anos atrás,  eu tinha 18 anos e eu sempre fui aquele cara viciado em vídeo game e em estudar. Meus pais me pressionavam muito porque minha irmã mais velha tinha passado em medicina na federal e eu não poderia fazer feio…

Isso sempre me deixava muito estressado, então eu vivi a vida trancado com um monte de livros na minha mesa e nas horas livres batendo papo na internet e jogando. Minha prima tinha 20 anos na época mas ela sempre foi muito esperta e safada, ela vivia me zoando, eu não era gordo, mas era gordinho, não era feio mas também não tinha muita graça, usava óculos, branquelo, relaxado, tudo o que a mulherada não curte, mas minha prima vivia perguntando se eu era virgem, falava em me pegar, tudo em tom de zoeira.

Ela é super gostosa, sempre me deixou de boca aberta, uma morena de cabelos longos, bunda gostosa, peitos bem durinhos, uma barriguinha perfeita e as pernas dessa gatinha nem consigo descrever, bem torneadas, uma delícia. Eu já toquei altas bronhas pensando nela, acho que por isso ficava tão envergonhado quando ela brincava de dar em cima de mim. Ela tinha umas zoeiras bem pesadas de apertar minha bunda e tal, sempre fingi que era de boa pra ela não perceber o tesão que eu tinha nela, mas um dia não aguentei, ela veio brincar quando eu tava sozinho em casa com ela, fiquei de pau duro.

-Nossa primo, ficou de pau duro com sua prima? que coisa feia, vou contar pra tia Paula.

-Não conta não prima, me desculpa pow, faço o que você quiser mas não conta pra mãe, ela vai ficar puta.

Eu lembro desse diálogo com ela e me acho tão otário, era pra eu ter dado outra resposta para essa safadinha, mas no fim das contas deu tudo certo. Ela me olhou de um jeito enigmático e disse que não contaria pra ninguém, mas eu ia ter que fazer um favorzinho pra ela no dia seguinte. Eu perguntei o que, ela não me disse, disse que no dia seguinte eu saberia. Pow, fiquei nervosão sem saber o que ela ia me pedir, eu era muito inocente.

No dia seguinte ela chegou, meus pais no trabalho, a gente sozinhos em casa e ela disse que tinha comprado uma lingerie para um cara que ela tava ficando, queria experimentar e saber o que eu achava.

Puta que pariu! só podia ser zoeira, né? Mas era isso mesmo, ela me levou até meu quarto, entrou no banheiro e quando voltou tava com uma calcinha vermelha de renda, um sutiã igual e virou de costas pra me mostrar o fio dental.

Fiquei louco, olhando aquele rabo perfeito, meu pau começou a latejar e endureceu. Ela me olhou com cara de safada se fingindo de inocente e perguntou se eu queria olhar mais de pertinho. Ela se aproximou, mandou eu passar a mão e nessa hora não me controlei, comecei a acariciar aquela bunda perfeita, ela empinou, soltou um suspiro e fiz igual aos filmes pornô, passei minha mão no seu rego, apertei sua bunda, fiquei louco.

Meu pau ficou logo duro, ela com cara de safada olhava, até que se abaixou, tirou minha calça e encarou meu pau duro com água na boca. A safada tava doidinha pra chupar, eu tava super tímido mas me deixei levar, senti ela chupar meu cacete e nem consigo descrever o tamanho do tesão que eu senti, nunca tinha feito nada com ninguém, tentei esconder que eu tava super nervoso, mas morrendo de vontade.

-Que pau gostoso primo, já sentiu uma boca chupando você assim bem gostoso?

-Sua boca é uma delícia!

-Então vou aproveitar e te chupar todinho.

Ela continuou me chupando com vontade, foi uma delícia, fiquei muito excitado sentindo a boca gostosa da safada abocanhando meu cacete com bastante vontade. Acho que ela sentiu que eu poderia gozar rápido, então ela me chamou pra cama, me fez deitar e ficou completamente nuazinha.

Ela veio até mim na cama e deu uma sentada na minha boca. Fiquei nervoso pra caralho, não sabia como fazer aquilo, meti a língua, ela foi me orientando, meti a língua na buceta dela, fiquei chupando gostoso, ela ficou doida de tesão, começou a rebolar na minha boca e aos poucos fui pegando o jeito da coisa.

Foi uma delícia sentir aquela buceta gostosa na minha boca, eu socando a língua, ela ficando cada vez mais molhada e eu morrendo de vontade de fuder aquela buceta, meu pau latejando, mas eu tava curtindo demais chupar, ela tem um gosto delicioso, ela gemia alto e eu soube que então tava fazendo tudo certo.

-Sua língua tá toda atoladinha na minha bucetinha, huuuuumm, que delícia! tá gostando né safado?

-É uma delícia, sua buceta é bem gostosa.

Continuei chupando gostoso até que ela disse que tava louca pra dar uma sentada. Ela encaixou meu pau na sua entradinha e meteu bem fundo na sua buceta e quando ela sentou tudo, soltou um gemido e fez uma cara de safada da porra olhando pra mim. Ela se apoiou no meu peito e comelou a rebolar no meu pau.

Parecia uma dança em cima do meu cacete, ela ali toda gostosa rebolando, me deixou morrendo de tesão, eu comecei a gemer junto com ela, foi um momento foda, nunca tinha trepado com ninguém e comi logo a minha prima mais gostosa. Ela ficou um tempão rebolando, eu fiquei loucaço, segurei nos peitos dela comecei a acariciar, ela pediu pra eu chupar e mamei muito naquelas tetas, até deixar marcas de chupão.

-Aaaaaaiii, você mete tão gostoso, que pica grossa, aaaaii que delícia, fode vai, fode assim!

-Vamos mudar de posição, quero sentir você me comendo de quatro.

Ela ficou de quatro, meu primeiro impulso foi me abaixar e chupar sua buceta e o seu cuzinho molhado, lambi tudo, meu pau latejava de novo toda vez que eu chupava aquela gostosa.

Quando acabei de chupar ela, encaixei meu pau e meti gostoso no rabo dela, deixei ela cheia de tesão, segurei na cintura dela e soquei nesse rabo, meti com força nessa putinha, ela rebolava no meu cacete, enquanto comia sua buceta enfiei um dedo no seu cu e comecei a brincar enquanto via o seu buraco piscar de tesão.

A gente ficou metendo nesse posição um tempão, quando ela pediu pra eu botar no cu, não aguentei muito tempo, o cu dela apertadinho, delicioso, apertava meu pau aumentando meu prazer até que gozei dentro do cu dela.

Cara, fiquei relaxadão, foi a gozada mais gostosa que eu já dei, nunca pensei que minha primeira vez seria tão gostosa.

Foi só o começo de muitas fodas com minha prima, ela me deixou experiente no sexo e até hoje coloco em prática tudo o que aprendi com essa gatinha deliciosa.



Contos relacionados

1 comentário para “Nerd virgem aprendendo tudo com a prima

  1. P • 14 de fevereiro de 2020

    Que delicia de prima

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis. Quem tem prazer em ler contos eróticos de qualidade, certamente está no site pornô correto. Os melhores contos de sexo do Brasil. Existem diversas estórias de ficção, porém é possível ver muito conto erotico real. Temas sobre traição, corno, vizinha, primos, primas, incesto em geral. Todos os contos tem conteúdo apropriado para leitura. Sabemos que o tipo de usuário que possuímos é bem exigente por isso fazer a leitura dos contos eroticos levará a ter um prazer imenso, seja para bater aquela punheta ou siririca.
© 2011 - 2022 - Contos Eróticos – Top 10 Contos Eroticos – conto erotico (2022)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos -Filmes Porno - Xvideos - Porno -Porno Gratis