O dia em que liberei o cuzinho

  • 22 de fevereiro de 2021
  • 4121 views
0 votes

Olá,  venho hoje contar sobre o dia que liberei meu cuzinho.

Sou uma garota estatura normal, 1,70, seios pequenos mas durinho, bumbum redondo e empinado (algo bom que o ganho de peso trouxe) e meu namorado é louco para entrar pela saída. Ele é moreno, alto, forte, tem aquele sorriso sem vergonha.

Mas vamos ao que interessa. Era um dia qualquer, mas era um dia em que eu havia “acordado para o crime”. Passei o dia enviando mensagens picantes, comprei vinho e queijo e caprichei na depilação, deixei ela lisinha e rosinha, como de costume.

Já havia um tempo que ele vinha dando indícios que queria tentar algo novo, sempre rolava uma linguada, um dedo na portinha, uma jogada de indireta, mas eu nunca sedia. Já cheguei a pegar o pau dele e passar na entrada mas nunca deixei.

Liberei o cuzinho para o namorado

Nesse dia, quando ele chegou, eu estava na sala, o esperando, de salto, com uma conta liga vermelha, sem a calcinha e sem o sutiã.

Ali ele já foi me beijando, passando sua mão pesada por todo o meu corpo, me puxando para mais perto de si e quanto mais ele puxava, mais eu senti aquele volume crescendo em sua calça. E que volume é aquele, sua rola é grande e grossa, uma delícia, é impossível engolir toda ela, mas eu sempre tento.

Mas voltando, ele não perdeu tempo, já foi me levando para o quarto, e me jogando na cama. Caiu de boca!

minha bucetinha nessas horas já estava toda melada, eu estava me retorcendo apenas de sentir sua respiração, e ele foi me deixando ainda mais louca, desceu beijando meu peitos (aquela chupadinha gostosa) beijou Minha barriga, minhas pernas. Lentamente as abriu, beijou por dentro da coxa e roçou a barba na minha bucetinha, aquilo me enlouqueceu. Então, enfim, foi com aquela boca deliciosa, como fez loucuras com aquela língua. Subia até meu grelo, lambia de todos os lados, descia mais um pouco, beijava meus lábios, enfiava um dedo pra dentro. Descia mais um pouco e começou, mais intensamente, a beijar meu cuzinho. Nossa, ele piscava pra ele, acho que sabia o que o esperava.

Entre minhas pernas ele me olhava com cara de desejo, metia forte três dedos em mim, tirava e me dava pra lamber.

Viramos estão num 69, eu queria aquela rola na minha boca, engasgada, quase vomitava mas estava ali. Ele, com a melhor visão do mundo, passou várias vezes o dedo no meu cuzinho.

Virei-me então pra ele e comecei a sentar com força.

Ora era leve, ora frenético. Subia bem devagar naquela rola que parecia querer explodir, descia lentamente pra sentir ele me abrindo em cada pedacinho.

Me virei, para que ele pudesse ver minha raba, ou então que entendesse o que eu estava querendo, e ele entendeu.

Não muito tempo depois que eu estava de costas, ele me puxou pelo cabelo e sem pedir permissão enfiou um dedo no meu cuzinho. Confesso que foi uma sensação de medo, de desejo e submissão.

A cada sentada que eu dava sentia seu pau na minha buceta e seu dedo em meu cu, estava enlouquecendo.

Como um belo homem que é, me tirou cuidadosamente de cima dele, me colocou de lado e falou, ao pé do ouvido “agora esse cuzinho é meu” e começou a bombar.

Senti minha alma quase saindo, mas uma vontade enorme de rebolar naquela rola.

Ele me abriu toda, e enquanto metia atrás, sua mão estava batendo uma siririca, como aquilo era bom.

Ele me puxava pelo cabelo, me olhava nos olhos e dizia “sua vadia, era isso que você queria né, me dar o cuzinho”. “Vou arrebentar esse deu cuzinho minha putinha, porque é isso que você vai ser agora, minha putinha”. E socava, com força, depois lento. Enfiava seus dedos em mim e passava na minha boca.

Na última estocada, foi fundo, gozamos juntos.

Ficamos deitamos um tempo com ele ainda dentro de mim, sentia tudo latejando. Me senti invadida, rebaixada, mas era isso mesmo que eu queria, ser a putinha dele.

Outro dia o esperei com um plug anal, mas essa é para uma próxima.



Contos relacionados

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2021 - Contos Eróticos – Top 10 Contos Eroticos – conto erotico (2020)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos - Filmes Porno - Porno Brasileiro

error: