Meu primeiro conto erótico real

  • 20 de dezembro de 2019
  • 6342 views
1 vote

Meu primeiro conto, estou nervosa, mas louca pra falar kkk. Bem! Sou casada, morena, corpo médio, cabelos pretos, olhos castanhos, seios pequenos, Bundinha a quem vê diz que bastante gostosa.

trabalho na área da saúde, faço várias viagens a curso sabe, em um desses, houve um acampamento de um fds, foram várias turmas e a minha claro, chegamos no destino, lá quatro alunos tiveram que entrar em nosso ônibus, então vi ele entrando I* moreno forte, alto e bem a vontade, o destaque de sua turma, então fizemos amizade, ele não bebia, mas eu sim, e quando o vi, já queria dar pra ele, foi aquilo..

Mas acanhada n falei nada, no descanso fomos beber com a turma na piscina, e indiretas vão e vem, a Noite o amigo soltou, I* vai dormir com a suzy e brincado, concordamos.

De repente levantei para deitar e ele me acompanhou, estava em um quarto com uma amiga e ela saiu, não nego que fiquei nervosa, mas isso o atraia ainda mais, sentia seu pau rígido roçando em mim, e eu já estava toda molhada, como eu queria dar pra ela gente, mas tentei sair, ele então trancou a porta do quarto e me beijou, fiquei desesperada para sentir o pau dele, então ele colocou a mão por debaixo da saia que eu usará para provocar mesmo, e ele tomou o susto, sua safada, já está nua né, então sorrir pra ele com olhar de puta mesmo, ele me beijava e me tocava tanto, e me dizia, minha safadinha ta querendo gozar já eu estava louca de prazer, querendo a porra dele escorrendo em mim, então ele me jogou na cama, e eu fui controlar a situação, subi em cima dele e de costas pra ele comecei a chupa-lo, precisava sentir o gosto dele, chupei com tanta vontade que ele me implorava para parar pra não gozar, ficava louca, como estava duro, gostoso, bem molhadinho, queria sentir a porra dele dentro do meu rabo, na boca, tava uma vadia insaciável, sentei naquele pau e rebolei feito puta profissional, até ele segurar firme minha bunda e me encher de porra, mas quanto mais ele gozava, mas eu queria dar, ele falava, sua cachorra, vc vai me matar de gozar vai, gozei tanto numa noite o que eu não gozei uma até hoje, foi uma noite para não esquecer, trocamos contato no outro dia na partida, e até hoje nos falamos e sonhamos com outra noite daquela.



Contos relacionados

7 comentários para “Meu primeiro conto erótico real

  1. Anônimo • 20 de dezembro de 2019

    Alguns anos atrás, namorava uma moça que trabalhávamos juntos em uma loja de departamentos, saímos de férias, fomos juntos para a casa de um tio dela no litoral, quando teve jeito de ficarmos sozinhos no apartamento, fomos direto para o quarto, mandei ela ficar nua e tirar minha roupa, fez um sexo oral memorável, mandei ela ficar de quatro, ficou e foi rebolando bem gostoso, quando senti que iria gozar, deitei já cama, ela veio com boquete, dei a ordem que não era para desperdiçar nenhuma gota, assim ela fez, não engolia apenas deixava gozar na boca, sei que tivemos orgasmo juntos, quando tomamos banho e ligamos a televisão o tio dela chegou em casa, foi uma melhores transas da época de solteiro, terminamos o namoro, nunca mais a vi, mas sua boca jamais esqueci.

  2. Fabio • 22 de dezembro de 2019

    Comi uma desconhecida,estávamos dançando qdo ela foi se aproximando,como se quisesse acasalar…foi uma leitura ótica fatal. De cara saímos para um lugar mais apropriado, a festa era num sítio, então foi tudo tão rápido e intenso ao mesmo tempo…mais simplesmente maravilhoso. Até hoje sinto o gosto da sua xaninha em minha boca.

  3. Sergio • 26 de dezembro de 2019

    Semana passada tive uma aventura à três com minha namorada é uma amiga dela, uma morena tarada, que a princípio ficou um pouco travada, não demorou muito e mostrou sua perícia em foder com casal. Minha companheira começou chupando os peitos dela e em seguida trocou um beijo de língua delicioso, fomos para a cama e nos deliciamos com chupadas. Ela agarrou-se a buceta da minha mulher botando a língua e sugando todo leitinho, não demorou muito e gozaram juntas, em seguida chuparam meu pau até que esporrei na boca das duas. Estamos marcando outro encontro, depois conto como tudo aconteceu.

  4. Fabio • 8 de janeiro de 2020

    Minha mulher teve bebê é ficou um tempo na casa de sua mãe passando o resguardo,é pelo jeito eu iria ficar de quarentena. Sou um cara mto tarado por sexo é não sabia como fazer ficar tanto tempo sem sexo. Eu ia tds os dias ver ela nos beijávamos fazia uns carinhos e ia embora pra casa. todo dia saía de pau duro de lá. Um dia conversando no trabalho sabe como é homem quando se junta só gozação…Um amigo novo cheio de vitalidade…ficava me chamando pra sair depois do serviço pra gente tomar uma cervejinha.e eu sempre recusando pois tinha que ir ver minha esposa e filho,do contrário ela iria brigar comigo. Mas eu já não aguentava mais ficar batendo punheta … Marquei com meu amigo do serviço de ir ver minha esposa e chegando lá ela ficou me provocando pegando em meu peito beijando meu pescoço…pegando no meu pau,enfim me deixando louco, então nesse dia falei pra ela que tinha marcado com o pessoal do serviço pra gente bater uma bolinha. Ela meio desconfiada deixou que fosse,mas na volta vc passa aqui ok. Falei blz amor sem problema. É fui era mentira na verdade íamos tomar uma cervejinha,era uma sexta é sabe como é os solteiros conversa vai conversa vem .. até que meu mais chegado me chamou pra ir numa festinha de aniversário de uma amiga,eu já estava ali mesmo resolvi ir ainda era cedo…chegando lá uma linda morena nos recebeu na porta deu um beijo nele é outro em mim como se já fôssemos íntimos…logo JÁ veio com dois copos de bebida. Já tínhamos tomado umas cervejas,é já estava meio alto. Daí a pouco meu amigo sumiu,me deixando sozinho com essa morena é que morena,ela estava com um vestidinho preto todo colado é com um decote v até o umbigo. Com sede de sexo que eu estava, pensei vai ser hj. De repente ouvi uns gemidos vindo dos fundos,pensei é meu amigo safado me jogou numa fria ou não né…sentado no sofá e ela sentada ao meu lado praticamente no meu colo.colocou sua mão no meio de minhas pernas como eu estava de shorte de futebol as pernas ficam um pouco folgada é pra piorar ou não estava sem cueca,deixando o bicho solto.ela me deu alguns beijinhos no canto da boca e passava a mão no meu peito enquanto a outra entrava dentro do meu shorte. O tesão estava tomando conta do meu corpo.soltei um pequeno gemido em seu ouvido com tanto tesão quando ela então apertou meu pau suavemente,e me disse baixinho que ele havia comentado que eu estava de quarentena.eu já sem voz falei sim minha esposa pariu e eu estava só no 5 contra um…essa morena meu deu uma chupada no pescoço que me deixou todo arrepiado.esqueci de minha esposa na hora.e parti pra cima sem dó tirei seu vestido ali mesmo,é comecei a chupar seus seios LOUCAMENTE é beija la, tranquei sua minúscula calcinha é pude ver aquela bucetinha lisinha e CARNUDA toda melada. Meti a língua toda dentro da rachada dela,enquanto ela tbm me chupava num 69 delicioso…TRANSAMOS como loucos ali na sala. Logo meu amigo saiu do quarto é disse bora cara tá satisfeito afinal amigos tem que ajudar o outro. Me apoiei no meu amigo,POIS não estava mto bem. Naquele dia nem voltei na casa de minha sogra,não poderia estava mal é minha mulher ia brigar comigo. Só liguei dizendo que já estava em casa, é que não fui lá porquê machuquei meu pé no futebol…ela ficou com pena de mim ainda. Cara foi uma noite muito boa, que eu já não tinha desde qdo era solteiro. Voltei outras vezes nessa morena, ATÉ minha esposa voltar a liberar pra mim…afinal sou apaixonado pela minha família.

  5. Timido • 21 de janeiro de 2020

    Que delícia. Gozei pra vc hj

  6. L. • 24 de janeiro de 2020

    Fui passar uma semana de férias na casa da minha vó…
    Chegando lá descobrir q meu querido primo tbm estava lá
    Fizemos tantas coisas juntos durante a semana e sempre notando que Ele tava sempre me olhando diferente eu q ja nao conseguia mais ingnorar,pelo fato de ter meu namorado pelo qual só apaixonada
    Num dia de sol resolvemos andar á cavalo
    E tomar banho de Cachoeira
    Qaundo chegamos lá ele já foi rancando suas roupas e caindo na água
    Eu fiquei um pouco receosa em entra e ele acabou me jogando na água
    Segurando me corpo no seu
    Ao sentir seu corpo fiquei louca de vontade de dar pra ele ali dentro da água
    E Ele parece q táva lendo meus pensamentos
    Começou me tocar e fui deixando
    Quando vi já tava sendo privilegiada com um pau enorme na minha buceta
    Ele entrava é saia feito um louco E eu só pedia pra que ele metese mais e mais em mim

    Gozei até ficar de pernas mole
    E Ele tbm

    E foi isso
    Continuo dando minha bucetinha pra ele até hj quando nos encontramos …

  7. Regi • 27 de março de 2020

    Faz um conto comigo casadinha

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2021 - Contos Eróticos – Top 10 Contos Eroticos – conto erotico (2020)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos - Filmes Porno - Porno Brasileiro

error: