Um pauzudo me comendo

  • 7 de janeiro de 2021
  • 3128 views
0 votes

Sou uma mulher sexualmente muito ativa, não tenho compromisso com ninguém, então aproveito todas as oportunidades que tenho de dar umazinha.

No sábado fui apresentada ao Pedro (nome fictício), um moreno alto e forte com corpo malhado muito educado e cheiroso, ficamos conversando um bom tempo e notei que ele é bom de papo inteligente e sempre muito educado. Quando fomos até um lugar mais reservado ele me pegou e deu um beijo.

Transando com um pauzudo

Apesar de não estar esperando gostei da atitude dele, pois gosto de homem que tome iniciativa. Quando ele notou que gostei me beijou outra vez, e dessa vez foi um beijo longo e quente, ele me abraçou puxando meu corpo para junto do dele e pude sentir seu pau ficando duro, já tinha algumas semanas que eu não transava, e estava precisando.

Sem cerimonia fui descendo a mão até seu pau e comecei a acaricia-lo por cima da calça. Me assustei com o tamanho, pois era gigantesco e muito grosso, era o maior que eu tinha tocado, logo veio o convite para darmos uma volta o que concordei.

Ele pegou na Minha mão e fomos caminhando pela rua, até que passamos em frente a um motel. Sem cerimonia ele foi me levando para a entrada, logo estávamos no quarto. Ele me pegou com todo carinho me conduziu até a cama e aos poucos foi tirando minha roupa chupando e beijando cada pedaço que surgia.

Quando eu já estava nua e ele chupava minha bucetinha gozei pela primeira vez, então ele começou a tirar sua roupa, e quando tirou a cueca e aquele monstro saltou levei um susto pois era gigantesco, nunca fiquei assustada com o tamanho de um pau, mais aquele parecia ser de mais para mim.

Me aproximei e peguei nele, tinha que ser com as duas mãos pois era de mais. Tentei colocar na boca e com uma certa dificuldade consegui só a cabeça, nunca pensei que tivesse um tão grande.

Tive medo quando ele se aproximou e colocou na portinha da minha bucetinha, respirei fundo e fiquei esperando que ele me arrebentasse toda…. e não deu outra.

Quando a cabeça entrou senti uma dor tão forte que perdi as forças e minha buceta ardia como se fosse a primeira vez, me arregaçou a buceta ao máximo com seu pauzão, pude sentir minhas carnes rasgando para dar espaço para aquele pauzão.

Era mesmo gigantesco e muito grosso, foi me arregaçando e invadindo meu corpo por completo, não cabia todo, podia sentir ele tocando no fundo do meu útero e ainda estava metade de fora.

Quando começou a socar podia sentir minhas carnes se abrindo cada vez mais, dando a impressão que iria explodir.
quando comecei a gozar minha bucetinha latejava e doía. Depois de um bom tempo ele tirou e começou a jorrar leite para todo lado, me lambuzou toda da cabeça aos pés, tinha leite na minha barriga, peitos, rosto e até no cabelo.
nunca vi um homem gozar tanto.

Demorou para que eu acostumasse com seu pauzão já que saímos outras vezes, mais confesso que até hoje ainda sinto falta daquele monstrinho me arrebentando.



Contos relacionados

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2021 - Contos Eróticos – Top 10 Contos Eroticos – conto erotico (2020)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos - Filmes Porno - Porno Brasileiro

error: