Adorável sobrinha no motel – parte 3

  • 8 de dezembro de 2020
  • 1414 views
0 votes

Depois que eu e a sobrinha ja estávamos bem íntimos e o tesão a flor da pele, tanto ela quanto eu.

Sai de férias e logo no segundo dia acordei e não tinha nada em mente pra fazer, até que sai pra ir a padaria e quando voltei lá estava a sobrinha no ponto de ônibus próximo a minha casa, como ja disse na parte 2 moramos próximos.

Parei o carro e perguntei onde ela estava indo, me respondeu que estava indo ao shopping entregar currículo, disse a ela que esperasse que eu a levaria, porém ela recusou, dali a pouco ouvi o barulho do ônibus que parou e a levou, tomei café e coloquei a cabeça pra pensar, como minha esposa estava em casa, a tia dela rsrs, arrumei uma maneira de ir na cidade pois moramos em um bairro.

Disse a minha esposa que queria ir ao banco pois no dia seguinte queria ir pra praia, ela me disse pra ir, como ja era 10 da manhã eu disse que talvez demorasse pois terça feira os banco deveria estar cheio e eu queria falar com a minha gerente, ela disse que tudo bem.

Sai rapidinho e parti pro centro, quando eu estava chegando próximo ao shopping alcancei o ônibus que a sobrinha tinha pego.

Dei meia volta e fiquei observando se ela desceria mesmo naquele ponto, o que aconteceu.

Era mais ou menos 500 metros do ponto até o shopping, e parei o carro próximo a um posto de gasolina onde ela passaria. Desci do carro e comprei uma agua no posto, voltando pro carro que já tinha deixado onde ela iria passar, chegamos próximo ao carro juntos, quando me viu falou: Ué vc estava mesmo vindo pra cá?

Sim eu disse pra vc.

Ai ela me perguntou e agora onde esta indo?

Vou ao banco, mais posso mudar de ideia se vc tiver uma ideia melhor.

Não, não tenho ideia nenhuma, preciso entregar uns currículos.

Ai eu disse, ok então vou indo, mais se mudar de ideia vc tem meu celular.

Está bom disse ela.

Fui pro banco pensando puxa vida ela não topou, se topasse levaria ela ao motel.

Ai entrei no banco e tinha uma fila de mais ou menos 7 pessoas, confesso que até me esqueci do convite feito a ela.

Quando de repente meu celular toca, olhei o numero era ela, meu coração disparou antes de atender, quando atendi ela disse:

Tio onde vc esta?

No banco como te disse.

Então quando vc disse sobre outra ideia o que vc realmente quis dizer?

Neste momento chegou minha vez de ir pro caixa, eu disse a ela que desligaria e que assim que saísse do banco eu ligava novamente pra ela.

Fiz tudo muito rápido pois veio em minha cabeça que se eu demorasse, ela poderia mudar de ideia, sai do banco e liguei pra ela, e então onde vc esta?

Estou na portaria do shopping, eu disse a ela que esperasse la que já eu passaria para pega-la, mais ela disse que não iria me esperar lá pois daria muita bandeira.

Então disse me espera na esquina do posto pode ser?

Pode… to indo pra la – disse ela.

Eu e a sobrinha no motel pela primeira vez

Em poucos instantes eu cheguei la.

Ela estava com uma calça jeans bem justinha e sempre usa calcinhas fio dental.

Cheguei olhando praquele corpinho e imaginando o que poderíamos fazer dali a pouco.

Parei o carro e ela rapidamente entrou dizendo sai logo daqui pois muita gente por aqui me conhece.

Saímos e quando virei a esquina já olhei pra ela e disse:

E ai o que vc gostaria que eu tivesse em mente agora?

Ela devolveu a pergunta, o que vc tem em mente?

Quero te levar pra um motel da hora, vc quer ir?

Aqui na cidade mesmo?

Não quero te levar em um chalé na cidade vizinha, que por sinal é 15 minutos da nossa.

Tudo bem vamos la, respondeu ela.

Rapidamente peguei a BR e fomos em menos de 15 minutos estávamos no motel.

Entramos e ela rapidamente tirou a blusa, vi aquele sutiã lindo e seus peitinhos durinhos de biquinhos salientes, cheguei na frente dela e disse, hoje vou te mostrar como o titio faz gostoso, desci a calça dela e comecei a beijar sua barriguinha, ela se contorcia, passei a ponta da língua no umbigo dela que na hora sentiu cócegas e se desvencilhou, fui atrás dela e a joguei na cama, comecei a chupa-la e ela não parava de se mexer e gemer, enfiei a língua inteira dentro dela e ela gozou na minha boca. Se estremeceu toda e disse eu quero engolir seu pau tio e agora, o gosto dela era tão bom que eu não queria parar de chupa-la, coloquei ela na posição de 69, ela começou a engolir mesmo meu pau e eu pra deixar ela mais louca enfiava a língua toda na buceta dela, meu nariz já estava dentro da buceta que as vezes eu tinha que tirar pra respirar, ela ficou louca, chupava e mordia meu pau que eu pensei ter machucado e pedi pra ela ir mais devagar, dali a pouco ela parou e me disse:

Me fode toda agora que eu já não aguento mais, coloquei ela sentada no sofá e abri suas pernas, coloquei a cabeça do meu pau e ela me puxou com tudo, entrou tudo de uma vez, ela começou a me beijar e disse que eu era muito gostoso, pra aumentar o clima eu perguntei no ouvido dela.

Seu namorado faz melhor que o tio?

Aquele corno não faz nem parecido, mete gostoso tio, faz do meu namorado o corno que ele merece, continuamos metendo no maior tesão.

Ela pediu pra mudarmos de posição pois queria sentar na minha vara, sentou olhando pra mim e perguntou?

E ai tio quem mete melhor as sobrinha ou a titia?

Eu respondi que as duas são mesmo parente pois são muito boa de cama, mais vc leva vantagem afinal vc é novinha e o escondido é sempre mais gostoso, vc não acha?

Claro que acho, olha vou te confessar uma coisa tio, eu sempre tive tesão em vc, mais nunca imaginei que um dia isto pudesse vir a acontecer.

Ai eu disse, não só aconteceu como já é a terceira vez que transamos.

Mais as outras duas vezes foi correndo e com medo de chegar alguém, hoje ta show.

Ela ficou de quatro e me pediu pra socar bem gostoso na sua bucetinha, quando ela levantou a bunda, uma bunda enorme, vi aquele cuzinho lindo e fiquei doido.

Nossa que coisa mais linda, que cuzinho maravilhoso, cai de boca e enfiava a língua no cuzinho dela, ela se retorcia toda, pediu que eu a penetrasse naquele momento, eu ja logo disse, pode ser no cuzinho?

Claro que não né tio, este presente vc terá somente no nosso próximo encontro, se vc quiser sair de novo é claro.

Enfiei o meu pau em sua buceta e meti gostoso só imaginando colocar meu pau em seu cuzinho, ela não deixou mesmo, e quando fui gozar ela se virou rapidamente e engoliu minha vara, gozei como um touro na boca dela, a gatinha encheu a boca de porra e veio me beijar, me beijou com a boca cheia de porra e nos lambuzamos todo.

Ficamos um pouco conversando e ela logo começou novamente e me chupar, fizemos novamente um 69 pois a buceta dela convida ser chupada, como é cheirosa.

Depois de transarmos novamente a mãe dela ligou perguntando onde ela estava, e ai ela quis ir embora.

Tomamos banho juntos e fomos embora.

Na semana seguinte saímos novamente, mais esta vai ser a parte 4.



Leia Contos eroticos relacionados

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2021 - Contos Eróticos – Top 10 Contos Eroticos – conto erotico (2020)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos - Filmes Porno - Porno Brasileiro

error: