Sobrinha Safadinha

  • 30 de junho de 2021
  • 3531 views
4 votes

Olá,  tenho 20 anos, corpo atlético, branco com olhos verdes, pequenas saradas e covinhas. Estava em casa quando minha mãe comentou que minha sobrinha  iria passar alguns dias ali para realizar o vestibular afinal ela morava mais afastado da capital, nós costumávamos a sermos próximos atualmente ela tinha 18 anos e não posso negar que pela suas fotos ela estava gostosa demais.

Dois dias depois ela chegou, ela iria dormir na minha cama e eu improvisei uma no chão com algumas cobertas iríamos dividir quarto, o que eu não esperava era minha mãe ir passar o fim de semana com seu novo namorado e eu ter que ficar sozinho com aquela delícia. Não seria nenhuma sacrifício afinal na verdade seria perfeito para por em prática meu plano de conseguir nem que você uma mamada da minha querida sobrinha.

Meti na sobrinha safada

No dia seguinte eu estava no sofá esperando o delivery de comida e minha sobrinha estava no banho. Recebi a comida assim que chegou e a chamei para jantar, bia apareceu com um mini short que marcava tudo e bom eu não sou de ferro não é mesmo?

Assim que ela se virou de costas a prendi entre o balcão da cozinha, meu pau já dava um volume por baixo do calção acho que ela percebeu pois tentou se soltar mas eu me esfreguei mais em sua bunda, senti meu pau latejar então comecei a passar a mão pelo seu corpo ela mal respirava ainda no balcão, ela permitiu, apertei seus seios que não passou de um gemido delicioso, a inclinei no balcão e coloquei seu short para o lado vendo que a mesma estava sem calcinha nenhuma comecei a passar a mão masturbando ela até ver seu líquido em minhas mãos.

Comecei a esfregar a cabeça do meu pau em sua entrada até ir introduzindo ele aos poucos ela gemeu mais alto e eu estoquei com força várias e várias vezes, ela gemia mais alto a cada estocada e eu já sentia meu pau louco pra gozar na sua buceta, mas não foi isso que eu fiz por enquanto, a Virei de frente e mandei mamar e que mamada ela me deu, enfiava tudo na boca meu pai de 20cm parecia algo fácil pra ela, uma delícia ela chupava e sugava até que eu gozei na sua boca enchi ela de porra.

A levei para o sofá e ali comi ela de frente até gozar dentro, coloquei ela de quadro e gozei de novo e foi assim o resto da noite eu estocava gozava e ela mamava tudo, durante o fim de semana o trato pra ela fazer qualquer coisa era liberar a buceta ou me mamar na próxima, eu ainda consigo liberar o cuzinho dela e venho contar para vocês.



Contos relacionados

Deixe seu comentário

Ler Contos Eróticos Reais Grátis.
© 2011 - 2021 - Contos Eróticos – Top 10 Contos Eroticos – conto erotico (2020)

porno - contos eroticos - contos eróticos - quadrinhos eroticos - xvideos - Filmes Porno - Porno Brasileiro

error: